ACESSE

A audiência do Flamengo no YouTube e o impacto na TV

Telegram

Garantida pela MP do Futebol, a transmissão de Flamengo x Boavista bateu recorde de audiência no YouTube, mas não faria história na TV.

O pico de 2 milhões de espectadores simultâneos obtido pelo jogo na internet renderia 3 pontos de audiência máxima no Painel Nacional de Televisão da Kantar Ibope Media. Superaria Band e RedeTV! na briga pelo 4˚ lugar, mas perderia feio para a Record, que ocupa o terceiro lugar no intervalo das 21h30 às 23h30.

Sem acordo com a Globo para a exibição do campeonato carioca, o Flamengo aposta na FlaTV para conquistar parcerias pontuais e entregar a exposição de marca pretendida por seus patrocinadores fixos, caso do Banco de Brasília. A ideia do clube, caso a medida provisória assinada por Jair Bolsonaro prospere, é aproveitar o “direito de arena” para fazer valer o fator torcida e, assim, faturar mais dinheiro que os rivais.

O Flamengo é, de fato, o líder de audiência do futebol do Rio de Janeiro. A operação pretendida pela diretoria rubro-negra, entretanto, é mais complexa que uma planilha do ibope. Não basta encontrar quem ofereça mais dinheiro que a Globo na hora da assinatura do contrato. É necessário encontrar quem ofereça a audiência que ela oferece antes, durante e depois dos jogos.

Quem gasta dezenas de milhões de reais para ter destaque na camisa do Santos ou do Vasco sabe que não estará toda noite de quarta na telinha, mas tem compensação nos jornais e programas dedicados ao universo esportivo. Não há, por enquanto, emissora ou plataforma de streaming com essa base. E com o impacto da crise do novo coronavírus, a probabilidade de um player estruturado surgir fica ainda menor.

A próxima rodada do clássico Flamengo x Globo estava marcada para domingo, na semifinal da Taça Rio. A emissora, entretanto, preferiu suspender a transmissão do torneio.

Leia mais: A guinada de Bolsonaro para ficar no poder

Comentários

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 35 comentários