Grupos de direitos humanos pedem boicote ao filme 'Mulan'

Defensores dos direitos humanos estão pedindo nas redes sociais que as pessoas boicotem o filme Mulan, da Disney. Algumas cenas foram gravadas na província de Xinjiang, onde o regime da China reprime a minoria muçulmana uigur.

Para especialistas, porém, é pouco provável que o boicote surta efeito. “Normalmente, são aqueles que nunca comprariam o produto ou assistiriam ao filme os que mais se mostram dispostos a participar”, diz Brayden King, professor da Universidade Northwestern.

LEIA AQUI a reportagem de Duda Teixeira na Crusoé.

Leia mais: CENSURA À IMPRENSA: O EXEMPLO QUE VEM DO SUPREMO
Mais notícias
Comentários
Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 18 comentários
TOPO