ACESSE

Roberto Justus volta a falar de coronavírus

Telegram

Roberto Justus diminuiu o tom em relação ao coronavírus. Depois de afirmar, em entrevista ao “Aqui na Band”, que os números da doença não justificavam uma “histeria coletiva”, o empresário disse que a quarentena adotada mundo afora é mesmo “a melhor forma” de evitar um colapso no sistema de saúde do Brasil.

“Analisando e pesquisando, pois a gente vai aprendendo todo dia, passei a acreditar que a melhor forma (de lidar com a crise) é esse isolamento momentâneo, principalmente para evitar um colapso no sistema de saúde. Esse que talvez seja o maior problema neste momento, que pode causar muito mais mortes”, disse ele no Instagram.

“Mas esse isolamento não pode se prolongar por muito tempo. Precisamos encontrar um meio-termo. Na minha visão, o país aguenta no máximo uns 30 dias. Depois disso, precisaremos cobrar dos governantes planos para liberar gradativamente a população e girar a roda econômica, sempre preservando os grupos de risco”, resumiu.
 

 

 

Leia também: PANDEMIA: COMO SALVAR VIDAS — E A ECONOMIA.

Comentários

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 58 comentários