Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

As medalhistas de 13 anos sinalizam o pós-Covid

A brasileira Rayssa Leal e a japonesa Momiji Nishiya, as duas menininhas que ganharam prata e ouro na Olimpíada, oferecem uma imagem para o futuro
As medalhistas de 13 anos sinalizam o pós-Covid
Foto: COI

A brasileira Rayssa Leal, de 13 anos, que ganhou a medalha de prata no skate, nos Jogos Olímpicos, está nas primeiras páginas de todos os jornais do planeta, juntamente com a japonesa Momiji Nishiya, que também tem 13 anos, e ganhou o ouro.

Se as pessoas esperavam do esporte uma imagem renovada para o pós-Covid, as duas menininhas já a ofereceram.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO