ACESSE

Banco de Brasília fecha parceria com Flamengo para criar banco digital

Telegram

O Banco de Brasília (BRB) fechou um acordo com o Flamengo para lançar um novo banco digital.

O sócio majoritário do banco é o Governo do Distrito Federal, comandado pelo flamenguista Ibaneis Rocha. Os valores ainda não foram divulgados.

Segundo o BRB, a ação faz parte do planejamento de expansão nacional do banco, hoje regionalizado. Ele vai envolver a comercialização de cartões, a abertura de contas digitais e o pagamento de produtos e serviços direcionados aos torcedores do Flamengo.

O acordo prevê que o Banco de Brasília terá direito exclusivo ao pagamento da folha salarial do clube e preferência na contratação, por parte do Flamengo, de produtos e serviços bancários, como empréstimos, cartões e seguros.

O contrato tem validade de três anos e estabelece divisão igualitária dos lucros: 50% para o Flamengo, 50% para o BRB.

Em vídeo para anunciar a nova parceria máster para os sócios, o presidente do Flamengo, Rodolfo Landim, confirmou que o símbolo do BRB será estampado na nova camisa do time.

“Essa parceria é com o banco BRB, um dos mais importantes do país. Nela, o Flamengo vai entrar com uma série de propriedades: engajamento com a torcida e participação na mídia social, inclusive o espaço master da sua camisa.”

Leia mais: O que Moro pensa sobre o Brasil? Clique e saiba mais

Comentários

  • Renato -

    Essa diretoria dk Flamengo era a que tinha posturas modernizantes. Tá bom.

  • Rodrigo -

    O que dinheiro público tem a ver com Futebol? Flamengo devia era cuidar de indenizar as famílias dos meninos wue morreram em sua casa.

  • Tíndaro -

    O cara usa um banco público para beneficiar seu clube de futebol e tudo bem, mas tem uma pandemia com 50 mil mortos e descontrolada. O mundo dos políticos nordestinos é diferente.

Ler 32 comentários