Com protesto antirracismo, PSG e Istanbul retomam jogo da Champions League

Com protesto antirracismo, PSG e Istanbul retomam jogo da Champions League
Foto: Reprodução, CBS Sports

O Paris Saint-Germain e o Istanbul Basaksehir retomaram nesta quarta-feira (9) o jogo da última rodada da fase de grupos da Champions League que foi suspenso ontem, após atletas das duas equipes terem deixado o campo.

A interrupção foi um protesto dos jogadores contra o quarto árbitro, o romeno Sebastian Colţescu, acusado de se referir a a Pierre Webo, ex-jogador camaronês e membro da comissão técnica do clube turco, com uma ofensa racista.

No retorno do jogo em Paris, agora há pouco, os dois times se aqueceram no gramado do Parque dos Príncipes com uma camiseta que levava a inscrição “Não ao racismo”.

E, durante a execução do hino da Champions, Neymar (na foto), os outros jogadores de ambos os times e a nova equipe de arbitragem escalada para a partida se ajoelharam no círculo central do gramado, com os punhos erguidos.

Leia mais: O PT elogiou uma farsa: as eleição legislativa na Venezuela do ditador Nicolás Maduro.
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO