Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Ministério Público do Trabalho começa a ouvir funcionários da CBF na segunda

Rogério Caboclo foi afastado da presidência da entidade após denúncia de assédio
Ministério Público do Trabalho começa a ouvir funcionários da CBF na segunda
Foto: Lucas Figueiredo/CBF

O Ministério Público do Trabalho agendou para a próxima segunda-feira (14) a primeira audiência para apurar informações sobre a denúncia de assédio moral e sexual na CBF, que provocou o afastamento de Rogério Caboclo da presidência da confederação.

A audiência será realizada por teleconferência.

Em nota, o Ministério Público do Trabalho informou que ainda não foi definido qual integrante da CBF será ouvido.

O procedimento foi instaurado para verificar como é a relação de Rogério Caboclo com funcionários e a alta cúpula da entidade no ambiente de trabalho.

Ex-funcionários também serão intimados a depor como testemunhas.

Leia mais: Assine a Crusoé e apoie o jornalismo independente.
Mais notícias
TOPO