O futebol tem de parar

O futebol tem de parar
Alexandre Vidal/Flamengo

“A vergonha que foi a realização da partida entre Palmeiras e Flamengo não pode acabar nela mesmo, após os 90 minutos de um jogo jogado depois de tantas liminares e decisões na Justiça”, diz Robson Morelli, colunista esportivo do Estadão.

“É preciso ter respeito com o futebol brasileiro, com seus jogadores, treinadores, árbitros e demais profissionais envolvidos numa apresentação (…).

O futebol deve parar para o bem dele próprio. Nem quero entrar aqui na discussão sobre os elencos infectados com a Covid-19. Enquanto não se estabelecerem normas e regras claras, bem pensadas e de comum acordo com todos os clubes, a bola não deveria mais rolar.”

Leia mais: O ex-advogado dos Bolsonaro: um lobista milionário no Planalto
Mais lidas
  1. Exclusivo: assessor de Mourão procura Congresso: "É bom estarmos preparados"

  2. AGÊNCIA DA ALEMANHA RECOMENDA QUE VACINA DA ASTRAZENECA NÃO SEJA USADA EM MAIORES DE 65 ANOS

  3. "Mega epidemia daqui a 60 dias"

  4. Santos Cruz, sobre Bolsonaro: "Falta de respeito com a população e o país"

  5. Lira, Pacheco e o impeachment de Bolsonaro

Mais notícias
Comentários
Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 50 comentários
TOPO