PSG e equipe turca abandonam jogo após 4º árbitro ser acusado de racismo

PSG e equipe turca abandonam jogo após 4º árbitro ser acusado de racismo
Foto: Reprodução, Twitter @PSG_inside

O Paris Saint-Germain, de Neymar, e o time turco Istanbul Basaksehir abandonaram o campo antes da metade do primeiro tempo de jogo pela fase de grupos da Champions League, no estádio Parque dos Príncipes, em Paris, nesta terça-feira (8).

As duas equipes acusaram o quarto árbitro da partida, o romeno Sebastian Colţescu, de ter dirigido ofensas racistas ao ex-jogador camaronês Pierre Webo, hoje integrante da comissão técnica do Basaksehir.

Após uma confusão no banco de reservas do time turco, o atacante Demba Ba se revoltou ao reclamar da suposta ofensa racista do quarto árbitro e levou cartão vermelho. Atletas das duas equipes conversaram com o árbitro principal e decidiram deixar o jogo.

Leia mais: O PT elogiou uma farsa: as eleição legislativa na Venezuela do ditador Nicolás Maduro.
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO