Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Reunião com presidente da CBF insuflou revolta de jogadores com Copa América, diz jornal

Segundo relatos à Folha, Rogério Caboclo tratou atletas como se fossem subordinados; eles também se queixam de não ter sido consultados sobre mudança de país do torneio
Reunião com presidente da CBF insuflou revolta de jogadores com Copa América, diz jornal
Foto: Lucas Figueiredo/CBF

Uma conversa de Rogério Caboclo, presidente da CBF, com os jogadores da seleção brasileira insuflou a revolta dos atletas que não querem disputar a Copa América, diz reportagem de Alex Sabino na Folha.

Segundo o jornal paulistano, a conversa aconteceu às vésperas do embarque da delegação para Porto Alegre, na última quarta (2) —o Brasil joga nesta sexta (4) à noite na capital gaúcha contra o Equador, pelas eliminatórias.

“A maneira de conversar de Caboclo, que tratou os atletas como se fossem subordinados da instituição, causou irritação ainda maior. A queixa se tornou uma disputa de proporções históricas na seleção”, escreve a Folha.

Os jogadores se queixam não só da Copa América no Brasil durante a pandemia. Dizem também que não houve diálogo com o elenco sobre a mudança do país e reclamam de ter de disputar o torneio colado às eliminatórias da Copa do Mundo —mais importantes— após uma temporada exaustiva na Europa.

 

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO