Expediente

  • Claudio Dantas é jornalista investigativo, especializado em política, inteligência e defesa. Atuou como repórter, editor e colunista em diferentes redações, como EFE, Correio Braziliense, Folha de S. Paulo e IstoÉ. Ao lado de Mainardi e Sabino, ajudou a transformar O Antagonista num dos sites de política mais lidos do país. Fez reportagens que contribuíram para o sucesso da Lava Jato. Cobriu eleições nacionais, cúpulas internacionais e eventos históricos, como o terremoto do Haiti. Entrevistou Chávez, Evo Morales e Bolsonaro, entre outros. Com a série “O Serviço Secreto do Itamaraty”, ganhou os prêmios Esso, Embratel e de Direitos Humanos. É diretor da sucursal de O Antagonista em Brasília.

  • Diego Amorim se formou em jornalismo pela UnB. Trabalhou no Blog do Noblat e no Correio Braziliense. Gosta da notícia e dos bastidores dela em qualquer área. Entre outros prêmios, ganhou duas vezes o Esso de Informação Econômica e duas vezes o Embratel. Está em O Antagonista desde abril de 2016, quando se juntou à equipe para a cobertura do impeachment de Dilma Rousseff. Desde então, não tem dado sossego a políticos de todos os partidos em Brasília.

  • Rogério Ortega, formado em jornalismo pela USP, trabalhou na Folha de S.Paulo por 26 anos. Foi editor da seção Tendências/Debates, chefe do Programa de Qualidade, redator da Primeira Página e coordenador de reportagens especiais do caderno Mundo, entre outras funções. É um dos culpados pela edição de 2001 do Manual da Redação do jornal, que vigorou até 2018. Juntou-se à equipe d'O Antagonista em agosto de 2017. É também colunista de Crusoé, onde escreve sob o nome de Ruy Goiaba, seu alter ego desde 2001.

  • Renan Ramalho é jornalista formado pela UFMG e acompanha a política em Brasília desde 2009, com passagens por Folha de S.Paulo, Record e TV Globo. Após estudos na área de direito constitucional, especializou-se na cobertura do Judiciário. Nos tribunais superiores, está sempre atento aos avanços da Lava Jato (e às tentativas de fazer a operação recuar), aos conflitos no poder que batem à porta do Supremo Tribunal Federal e às decisões que mudam a vida do brasileiro.

  • Fábio Matos nasceu em São Paulo, no último dia de 1983. Jornalista formado pela Cásper Líbero, é pós-graduado em marketing político e propaganda eleitoral pela USP. Trabalhou no site da ESPN, pelo qual foi à China para cobrir a Olimpíada de Pequim, em 2008. Também passou pelo iG, como repórter de política. Como assessor de imprensa, atuou na Câmara dos Deputados e no Ministério da Cultura. É autor dos livros Dias: a Vida do Maior Jogador do São Paulo nos Anos 1960 e 20 Jogos Eternos do São Paulo. Leitor de O Antagonista desde o primeiro post.

  • Cézar Feitoza é jornalista formado pelo UniCEUB. Goiano radicado em Brasília, passou pelas redações da Bandnews FM, Correio Braziliense e CBN antes de chegar a O Antagonista, em 2019. Sua missão diária é trazer à tona os bastidores do poder na capital federal, com foco no Congresso Nacional e no Palácio do Planalto. Nas horas vagas, cada vez mais raras, é baixista da banda Trem Caipira.

  • Frederico "Cedê" Silva é formado em Jornalismo pela UFMG e em Relações Internacionais pela PUC Minas. Começou a carreira como repórter do Estado de Minas, passou pelo Estadão, Veja BH e CQC, onde criou o quadro 'Choque de Realidade'. Desembarcou em 2019 em O Antagonista, com a missão de expor os absurdos diários da política de Brasília com reportagens em vídeo. É apresentador do Campeonato Brasileiro de Debates.

TOPO

AJUDA