Especialista em crimes virtuais atesta montagem em suposto vídeo com Doria

Telegram

O Antagonista ouviu Wanderson Castilho, um dos maiores especialistas brasileiros em crimes virtuais.

Ele classificou como “manipulação grosseira” o vídeo que circulou ontem nas redes vinculando o tucano João Doria a uma orgia com seis garotas de programa.

“A manipulação da imagem é grosseira. É possível ver as marcas da implantação do rosto do candidato sobre a imagem original. O rosto está deslocado e há uma deformação evidente no pescoço. A adulteração é sofrível”, garante.

Em meio às fake news, redobre a vigilância. Saiba como AQUI

Doria atribuiu o vídeo ao adversário Márcio França, que negou envolvimento no caso.

Comentários

  • Lúcia -

    Deveria primeiro fazer um curso de Direito e saber que juiz é servidor publico concursado e não legisla.

  • Rosano -

    Essas campanhas eleitorais tem cheiro de coisa podre !!

  • Jose -

    Essa cambada de coxinha vazia e alarmante!!! Ficam o dia inteiro espalhando fakes apoiando duas mentiras de candidato a.. bozonaro e Dorian...kkkcomo gostam de se enganar... tinham que ser Paulistas

Ler 146 comentários