Laboratório de cibersegurança aponta vazamento de 220 millhões de dados pessoais no Brasil

Laboratório de cibersegurança aponta vazamento de 220 millhões de dados pessoais no Brasil
Foto: Darwin Laganzon/Pixabay

Pesquisadores do dfndr lab, o laboratório da empresa de cibersegurança da PSafe, identificaram o que descreveram como vazamento maciço de dados no Brasil nesta terça-feira (19).

A empresa não divulgou detalhes sobre o vazamento, mas afirmou que 220 milhões de dados pessoais de brasileiros podem ter sido expostos.

O número é superior à população do Brasil, que hoje está em cerca de 212 milhões —segundo a Psafe, isso indica que o megavazamento pode incluir informações de pessoas que já morreram e CPFs inativos.

“Ainda não é possível precisar de quando são os dados da base e nem qual a fonte dessas informações. Estamos investigando”, afirmou a assessoria da empresa de cibersegurança.

Leia mais: Quem são os diretores da agência que darão o veredicto sobre as vacinas a serem aplicadas nos brasileiros
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO