“Não sou o presidente da República”, diz Bolsonaro

Jair Bolsonaro presta contas da primeira semana em Brasília. Começou falando de nióbio e enveredou pelo aumento do salário dos ministros do Supremo.

“Querem colocar na minha conta o aumento do aumento. Não sou o presidente. Isso está nas mãos do Michel Temer.”

Fatos mais recentes e de interesse do nosso Brasil.

Posted by Jair Messias Bolsonaro on Friday, November 9, 2018

Um lobista pode causar dor de cabeça a Bolsonaro. Mas nenhum grande jornal contou isso para você ainda. LEIA

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

200

Ler mais 60 comentários
  1. O Bolsonaro fez uma crítica bem light, alguns políticos fizeram o mesmo. Agora é engraçado a galera defendendo com unhas e dentes, já vejo Bolsonaro como um novo Lula, ou como qualquer presidente

    1. Rapaz, estou vendo que vamos ter que fazer o pior, acabar tendo que dar uma lição nesses politicalhos no bom e velho coro de jacaré.

  2. Ele tem e deveria falar de Niobio sim, 95% esta no Brasil e 5% no Canada, se retirarem e vender oficialmente, e nao por baixo dos panos como fazem. ja tiraria o Brasil da pobreza.#ficadica

  3. Sim, vão fazer como fizeram com o Temer. Colocaram a conta desses anos todos de bandidagem nas costas do governo Temer. Precisa sempre lembrar os ignorantes, senão vão acreditar mesmo.

  4. Querem nos impor a homofilia para destruir os heterossexuais. Essa semana eu vi um pai chorando, entre amigos, dizendo que tinha “perdido sua filha para a universidade”: é a realidade!

    1. Homofilia ????? De qualquer forma nunca colocaria meu filho em universidade pública, de preferência nem escola, pode ser Bolsonaro ou qualquer um, vai ser sempre doutrinação estatal

    2. Renato, homofilia: atração sexual por pessoas do mesmo sexo, ou seja, querem que sejamos todos homossexuais.

  5. Quem moveu essa peça, foi Moro. Conheço seu jogo. Parabéns Moro!!!! Vai orientando este governo, como se joga o jogo. Do outro lado Dirceu, Sarney, Mula, Cabral… do nosso, Sérgio Moro!!!!!

    1. Não viaja, não é assim que funciona as coisas. Nada que ele converse com Temer pode acontecer. O Temer faz o que quiser ele é o Presidente atual. JB só terá voz dia 01 janeiro de 2019.

  6. He isso ai-temq manter contato com os 60 milhoesq votaram nele.Esse he o meio-me convenceu,tava em duvida.Na midia nao da pra confiar.Mito,nao coloca envolvidos com os batistas nos ministerios.

  7. Se passar a correçãozinha do salário do STF e o enorme resto que vem atrás, a culpa será do Temer (MDB) que tem a opção de vetar e proposta por Eunício (MDB). Bolsonaro não tem nada com isso.

  8. A conta do aumento do salário dos ministros do STF, a responsabilidade é do governo Temer, indicado pelo PT, chapa Dilma-Temer. Com a palavra: Sr Temer: É aí???Vai o aumento pata acabar conosco??

  9. Importa, sim!!!! Não é mas foi eleito para ser. Ou tem força ou não tem!!!! Está na hora de dar porrada nesses vagabundas!!! Pelo fato de não ter assumido, vai deixar a anarquia????

  10. Correto! O futuro presidente Bolsonaro não tem nada com o que acontecer até o dia 31/12/19. Ele ainda não é presidente de fato e de direito. Nem diplomado ainda foi muito menos empossado. Falou tu