11/9, 18 anos depois

Dezoito anos depois do ataque terrorista às Torres Gêmeas do World Trade Center, Donald Trump participou hoje de uma série de homenagens às vítimas.

“Não podemos apagar a dor ou reverter o mal daquele dia sombrio e miserável, mas oferecemos a vocês tudo o que temos”, afirmou o presidente americano durante uma cerimônia no Pentágono.

“Eles [terroristas] pensaram que usariam esse ataque para mostrar força, mas, na verdade, o que eles mostraram foi uma fraqueza implacável.”

Trump, que no início da semana descartou negociar com o Talibã, também disse que os Estados Unidos seguem combatendo o terrorismo.

“Nos últimos quatro dias, as forças americanas atingiram nosso inimigo com mais força do que eles jamais foram atingidos antes.”

Comentários

  • Silenio -

    18 anos depois, as Torres Gêmeas de Brasília foram atingidas diretamente pela super população de terroristas. Enquanto os EUA se refizeram, o Brasil patina na lama da corrupção e da indecência.

  • Guilherme -

    Esse "mas" entre 2 virgulas acabou com o jornalismo. #RIPPORTUGUES

  • Martins -

    Go Trump, go !

Ler 7 comentários