12 mil potenciais terroristas

Ao longo dois anos de estado de emergência, a polícia da França conseguiu evitar 32 atentados.

Atualmente, hà 12 mil potenciais terroristas vigiados pelos serviços de inteligência do país.

Foi o que disse hoje o ministro do Interior francês, Gérard Collomb, em entrevista à emisdora BFM.

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;

Ler 13 comentários
    1. Expulsar para onde se a maioria deles é francesa, das antigas colônias francesas?Há franceses das antigas colonias que fizeram sucesso, como Zidane e Benzema, mas muitos se converteram ao ISIS. Não pensem que ali são imigrantes recentes da Síria que estão fazendo terrorismo. Se fossem já teriam sido deportados.

  1. 12 mil só na França? Quantos países há na Europa?
    Por que estão enchendo as nações com esses lixos humanos?
    Destroem seus próprios países e, depois, querem destruir o país de quem quer viver em paz?
    Explode uma bomba, pode escutar: ou é Iraque, ou é Síria, ou é Afeganistão, ou é Turquia, ou é Egito, ou é Libia… só MUÇULMANOS!

  2. Quantos desses são cristãos? Quantos desses são budistas? Quantos desses são Hinduistas? Quantos desses são Xintoistas?
    Dou minha cara a tapa se não forem 12 mil MUÇULMANOS!
    Só tem gente fanática e doente nessa religião! Só pensam em morte, destruição e sofrimento.

    1. Não são doentes. Nem criminosos. Criminosos são os países que permitem a impressão e circulação do Alcorão, onde está escrito que “os infiéis devem morrer”. O livro nazista “Mein Kampf”, que também prega a morte, é proibido. Porque não proíbem também o Alcorão? É porque nossos governos são coniventes com o crime e o terrorismo que este livro propaga e muitos que o lêem acreditam.

  3. Aqui no Brasil certamente tem terroristas. Detalhe, duvido que tenham controle sobre eles. Põem ser cubanos, haitianos, venezuelanos, preparados para ensinar às milícias de terroristas do mst,mtst, pvc e outros.

    1. Sussíssimo! Desde domingo uma família de americanos – casal e duas filhas pequenas – está desaparecida. Estavam viajando já a cinco anos pela América Latina. Foram sequestrados no Pará. Piratas do Amazonas!