Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

1ª dose de vacinas da Pfizer e da AstraZeneca reduz infecções em 65%, diz estudo preliminar

1ª dose de vacinas da Pfizer e da AstraZeneca reduz infecções em 65%, diz estudo preliminar
Foto: alirazagurmani9272/Pixabay

A primeira dose das vacinas de Oxford/AstraZeneca e da Pfizer/BioNTech reduz as infecções pelo novo coronavírus em quase dois terços, segundo um estudo preliminar publicado nesta sexta (23).

O estudo foi carregado na plataforma medRxiv e ainda não revisado por outros cientistas.

Os pesquisadores analisaram resultados de exames de Covid de mais de 370 mil pessoas no Reino Unido entre dezembro de 2020 e abril de 2021.

Eles descobriram que, a partir de 21 dias depois da primeira dose – o tempo necessário para o sistema imune preparar uma resposta adequada – os casos novos de Covid caíram 65% entre os vacinados, em comparação com pessoas não-vacinadas e que também não tiveram a doença antes.

Segundo o artigo, “não houve evidência de que esses benefícios variaram entre as vacinas da Oxford-AstraZeneca e Pfizer-BioNTech”.

Leia tambémChile calcula eficácia da Coronavac em 89% contra casos graves e 80% contra mortes

Leia mais: Assine a Crusoé, a publicação que fiscaliza TODOS os poderes da República.
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO