370 mil nas ruas em Paris

No 36º dia da greve convocada por sindicatos franceses contra a reforma da Previdência de Emmanuel Macron, uma nova jornada de manifestações toma as ruas das principais cidades do país.

Em Paris, segundo o Le Monde, os organizadores falam em 370 mil pessoas nas ruas nesta quinta-feira.

Também houve grandes protestos em cidades como Marselha, Bordeaux, Toulouse, Nantes e Rouen.

Por que querem esvaziar o papel de Moro na queda da criminalidade LEIA AQUI

O governo já anunciou que não vai desistir da reforma. Os sindicatos dizem que continuarão nas ruas.

Comentários

  • José -

    Faz igual ao PT, aumenta a dívida interna e poe a maquininha pra fabricar moeda. Esse é o socialismo, alguém tem que pagar a conta

  • Luciano -

    França está arruinada. Se não fosse pela "herança maldita" dos déspotas e monarcas do passado que sustentam o turismo, França estaria pior do que o Brasil.

  • Luciano -

    A previdência francesa é muito pior do que a brasileira. Há mais de 40 regimes de aposentadorias. Até o esmoleiro de rua tem aposentadoria especial. França caminha aceleradamente para a ruina.

Ler 42 comentários