60 reféns e 18 mortos em Paris

Num restaurante do X arrondissement, o ataque foi com kalashnikovs. Houve disparos também no Bataclan, no XI arrondissement, perto da sede do Charlie Hebdo, onde sessentas pessoas foram feitas reféns. Houve um terceiro ataque também no XI arrondissement.

Foram ouvidas, de fato, explosões nos arredores do Stade de France, na periferia de Paris. O dado de 18 mortos é da prefeitura. Ao que parece, um terrorista foi morto.

Faça o primeiro comentário