A brutalidade dos amigos cubanos de Lula

Lula vai para Cuba, a ditadura mais brutal que a América Latina já conheceu, como noticiou a Folha.

O número de adversários mortos ou desaparecidos na ditadura dos irmãos Castro, é 65 por 100 mil habitantes. Na ditadura argentina, 30,9; na chilena, 23,2; na brasileira, 0,3.

Isso sem contar os milhares de cubanos que morreram tentando chegar à Flórida em botes e outros tipos de embarcação precária, para escapar de Fidel Castro e seus cúmplices.

200