A derrota do ISIS

As tropas curdas, apoiadas pelos Estados Unidos, libertaram Raqqa, a chamada capital do ISIS.

Os moradores da cidade comemoram. Nós também.

Temas relacionados:

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

200

Ler mais 34 comentários
  1. O ISIS já está indo para outros lados na tentativa de recuperar território. Basta ver o forte avança do grupo em Myanmar. É complicada a situação. Sem esquecer: O Estado Islâmico é o grande Legado deixado por Barack HUSSEIN Obama.

  2. Ótimo. Trump é um maluco, mas ainda é preferível a qualquer chamado “democrata”. E os EUA têm a sorte de ter um Poder Judiciário independente e forte. Não é nosso caso, lamentavelmente.

    1. Apenas um adendo: SIM, o Obama forneceu armas (americanas e chinesas) para os revolucionários sírios, que lutavam contra o ditador-governante sírio, através de venda/doação triangulada. Mas não controlou o surgimento do inimigo ISIS/IS no Iraque e ramificação/união com os rebeldes sírios. O Obama queria a destituição do governo sírio, não interessando a (des)estabilização política e militar no Oriente Médio. Então, grande parte das armas fornecidas pelo BOBAMA acabaram sendo utilizadas pelo Estado Islâmico, fortalecendo-o.
      Isso já era dito na Europa pela mídia, pelos ministérios da Defesa de países europeus e pelos centros de estudo estratégicos e políticos europeus já em 2012!!!!!
      Aconteçe que a mídia brasileira tem o Obama Rato como queridinho e não repete notícias que mostrem o malefício que o Obama trouxe em nível mundial.
      O Estado islâmico surge por que o Obama foi fraco e incompetente para sair do Iraque. É como se a PM do Rio abandonasse todas as favelas (“comunidades” para os imbecis do incorreto “politicamente correto”) para que não morressem mais policiais ou inocentes por bala perdida de policiais. Seria o caos da inSegurança Pública do Rio e não a sua solução.

  3. Ainda restam alguns terroristas estrangeiros que não se renderam. Também há o receio que eles fujam para seus países de origem e cometam atentados por lá. Mas tudo estará resolvido em breve.
    Com a queda de Raqqa, restam apenas Deir Ez-Zor e Al Qa’im com alguma importância ao EI. Os russos já estão atacando fortemente a primeira.

  4. A Europa, Renata, de há muito perdeu o brilho dos combates e da virilidade que a fêz existir, talvez os homens tenham sido abatidos todos nas tristes trincheiras da Primeira Grande Guerra, não me admira a facilidade com que foi ocupada por Hitler, parte pelos comunistas e hoje toda pelos comunistas, globalistas e islâmicos. A Europa é uma sombra de glórias do passado, que ainda só subsiste pela existência dos EUA.

  5. este tal do Isis é uma história muito mal contada
    como é que um estado sem marinha, sem aviões, sem comércio, sem indústria, sem mar, isolado do mundo inteiro, consegue sobreviver durante 4 anos a uma dúzia de países com apoio escancarado da Rússia e da América?

  6. O normal talvez não fosse tropas norte americanas apoiadas por combatentes curdos queridas Antas? os curdos nem são um Exército regular, como falar em tal caso em tropas? passear pela Europa vivendo suas maravilhas enquanto militam politicamente no Brasil, distante do front, está diminuindo suas perspectivas.

    1. Claro que tem muita ajuda americana, principalmente bombardeio aéreo e forças especiais em terra.
      Mas os Peshmerga curdos são uma força considerável. E os curdos são o povo mais avançado da região (basta ver o número de mulheres no exército). Devemos torcer por eles.

  7. Otário desses ANTAS.
    EUA depois de 4 anos lutando contra isis libertou Raqqa ???
    Leiam a matéria de hoje da sputinik:
    https://br.sputniknews.com/oriente_medio_africa/201710159590627-coalizao-eua-raqqa-daesh-evacuacao-reconquista/

    Vocês trabalham também para o Agência Central Desinteligência, plantando notícias dos maiores terroristas internacionais?

    1. A Sputnik News é do governo russo.
      Raqqa fica na área destinada aos curdos. Foram eles, com apoio dos EUA, que a libertaram sim. Os últimos combatentes fizeram um acordo para deixar a cidade. Mesmo que se reagrupem em outra área e continuem a luta, conquistar a capital do ISIS vale a troca.
      Os russos estão atuando mais ao sul e principalmente no leste da Síria.

  8. O jeito TRUMP de ser. Sem aviso e na moita. O cacete come como foi prometido. O resultado é CERTO, sem O MIMIMI da era do BOBAMA!
    O BOM AGORA SERIA CRIAR OUTRO ISRAEL.
    TRUMP, FAÇA A TURMA ENGOLIR UM NOVO PAÍS PARA OS VALENTES CURDOS. VOCÊ TERÁ UM ALIADO FIEL ATÉ O FIM DO MUNDO!
    GO!TRUMP!GO!

    1. ??????
      De louco ja’temos os politicos e massa de manobra que os elegem; precisamos de macho e patriota como o Trump que manda `as favas o famigerado ”politicamente correto”.

    2. Precisamos de um louco como om Trump aqui,. Temos a opcao do Bolsonaro , Hulk toprnara aqui no caldeirao do HULK( nao sei se esta certo escrever Hulk)

  9. Espero que a libertação se acompanhou com o desses ratos do isis para não acontecer o que aconteceu nas favelas do rj qdo deixaram escapar vivos os bandidos em vez de extermina los a bala e granada.

    1. “Primaveras árabes e verões sírios” ficou ótimo. Este mundo anda mesmo muito esquisito, uma piada sem graça, com os seus líderes politicamente pseudo-corretos. No caso Obama, ele prestou atenção nas soluções propostas pela dilma-estoca-vento, optando pelo diálogo, e tentando justificar o Nobel da Paz recebido antecipadamente!!!!!!!! kkkkkkkkkkkk

  10. Quando é que seremos libertados do nosso próprio ISIS? Os políticos, judiciário e executivo corruptos que massacram a população há décadas?
    Quando esse país será libertado? Quando?

    1. nao temos desastres naturais, terrorismo, pragas, etc..

      temos apenas….

      a cabeca do brasileiro

      exemplo:
      meu vizinho tem uma arvore.
      qdo ela fica bonita e fazendo uma sombra boa para ateh parar o carro embaixo,
      ele vai lah e poda ela inteira.

    2. Ah, fia, mas no Bananistao o buraco é sempre mais embaixo. Lembre-se que esse é o lugar onde existe pizza de feijoada e temaki de estrogonofe com batata palha (Jezuiz amado!!!), e isso aparece na imprensa como sendo uma “criação gastronomica” (Jezuiz amado, de novo!!). Nessa terra tudo pode sempre ficar pior e mais avacalhado.