Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

A esquerda morreu

A esquerda foi dizimada na Itália.

Em particular, o partido de Massimo D’Alema, o velho comparsa de Lula, que chegou em sexto lugar com 3,4% dos votos.

O eleitorado resolveu enterrar a burocracia estatal, o sindicato, a imprensa, a universidade.

Esse mundo acabou.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO