A esquerda perdeu o Uber

Na Folha, Vinicius Torres Freire diz que a surra tomada pelo Partido Trabalhista nas eleições do Reino Unido tem muito a ensinar à esquerda brasileira.

“A esquerda não tem o que dizer ao povo miúdo nas guerras culturais ou econômicas. O que a isolada esquerda no Brasil tem a dizer ao crescente precariado, a outras massas de trabalhadores sem organização e aos ‘autônomos’ em geral?”, questiona o colunista.

“Essas pessoas desconfiam do Estado, que cobra imposto, azucrina ou impede o pequeno negócio ou bico, confisca mercadorias, leva propina, espanca, mata ou deixa que o traficante ou miliciano matem e roubem. Estado que, apesar desse policiamento fiscal ou terminal, não oferece escola ou hospital decentes.”

Torres Freire conclui:

“A esquerda perdeu o trem ou o Uber do recomeço da história.”

Comentários

  • Fernando -

    Mas o antagonista e o sr Doria prometem "restabelecer" a esquerda 'light'; a esquerda que "privatiza" telefonia, rodovias e a comida dos Presídios pros "amigos"; enfim a esquerda q "dá cert

  • luiz -

    A esquerda não perdeu o uber, ela nem chegou ao trem, ainda esta na carroça medieval. Ainda está na luta de classes. Ele precisa manter o proletáriado senão não ha desculpa.

  • Almanakut -

    FaliudeS.Paulo é o mesmo lixo que o Huffington Post, da dona do Uber.

Ler 42 comentários