ACESSE

A oito dias de assumir vice-presidência, Cristina depõe na Argentina

Telegram

A oito dias de assumir o mandato de vice-presidente da Argentina, Cristina Kirchner prestou depoimento nesta segunda-feira a um tribunal que julga um processo no qual ela é acusada de liderar uma organização criminosa enquanto governou o país.

Cristina é acusada de favorecer o empresário Lázaro Báez na concessão de licitações para obras rodoviárias na província de Santa Cruz.

Segundo Kirchner, as acusações fazem parte de um plano “para destruir líderes populares e democráticos”. Seus advogados, assim como os de Lula, também falam em “perseguição” e “lawfare”.

A ex-presidente da Argentina é alvo de oito processos por corrupção e tem cinco pedidos de prisão preventiva pendentes, mas detém foro especial, atualmente ainda como senadora — o que impede sua prisão neste momento.

Como o Brasil pode evitar que as confusões dos países vizinhos o contaminem. Saiba mais

Comentários

  • Gustavo -

    Coitados dos argentinos que não votaram nela...

  • Márcia -

    Isto que é uma péssima escolha

  • Ruy -

    Escumalha esquerdista de lá como a de cá.

Ler 19 comentários