A revolução Macri

Mauricio Macri decretou a liberação de todos os documentos oficiais sobre o promotor Alberto Nisman, morto depois de denunciar o pacto entre Cristina Kirchner e o Irã para acobertar os terroristas que assassinaram 85 pessoas na Amia.

A Argentina mudou.

200