ACESSE

Adiamento das eleições na Bolívia tem efeito diverso para os três principais candidatos

Telegram

O adiamento das eleições presidenciais na Bolívia em função do coronavírus terá impacto diferente para os três principais candidatos, informa Duda Teixeira na  Crusoé. 

O pleito estava marcado para o dia 3 de maio, mas ainda não tem nova data para ocorrer. 

Na avaliação do cientista político boliviano Carlos Cordero ouvido pela revista, o maior prejuízo será para o Movimento ao Socialismo, que tem Luis Arcre como candidato, e para Evo Morales. Isso porque o tom da campanha tem sido de todos contra o MAS e, quanto mais tempo a disputa se prolongar, o partido e Morales podem ser mais desgastados. 

A presidente interna Jeanine Añez pode sofrer os efeitos do combate ao coronavírus. 

Para Cordero, o jornalista Carlos Mesa é quem mais deve se beneficiar. Ele aparece como segundo colocado nas pesquisas e tem potencial para ir ao segundo turno contra o MAS. 

Leia também: Coronavírus: o vírus da desglobalização.

Comentários

  • JONE -

    O indio cocalero vai ter que trabalhar mais um tempo...

  • Ricardo -

    Que importa essa Bolívia um monte de índios idiotas

Ler 2 comentários