Advogado denuncia Wilson Lima na ONU

Advogado denuncia Wilson Lima na ONU
Foto: Isac Nóbrega/PR

O advogado Marco Antonio de Vicente Júnior protocolou na ONU denúncia contra o governador do Amazonas, Wilson Lima, por violações a direitos previstos em convenção internacional contra a tortura e tratamentos cruéis, desumanos ou degradantes.

Na denúncia, anexou uma série de vídeos publicados nas redes por familiares de pacientes desesperados por oxigênio, além de notícias sobre o colapso na rede de saúde de Manaus.

“A crise estava prevista e deveria ter sido evitada ou, pelo menos, mitigada pelo governador. Em sua posição de gestor público, ele tinha a obrigação legal de fornecer antecipadamente a logística necessária para a produção e/ou importação de respiradores mecânicos. Depois de nove meses da pandemia, o governo não conseguiu prever os itens básicos de atendimento e manutenção da vida dos pacientes em hospitais e estocá-los em larga escala? Essa falta de a organização só pode ser atribuída à falta de organização, prudência, probidade e moralidade”, diz a denúncia.

Leia aqui a íntegra.

Leia mais: Enquanto Brasília faz tudo errado, a Crusoé continuará fazendo o certo: fiscalizando o poder.
Mais notícias
TOPO