Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Alberto Fernández critica Pfizer

Alberto Fernández critica Pfizer
Foto: Divulgação, Casa Rosada

Alberto Fernández disse hoje que as exigências da Pfizer para vender sua vacina contra a Covid-19 para a Argentina são “inaceitáveis”.

“Tem uma vacina que deve ser submetida a 70 graus abaixo de zero, que tem problemas logísticos de transporte muito complicados, cujos fabricantes pedem tantos preventivos para garantir imunidade contra o fracasso da vacina. Essa é a vacina que eles pedem que eu traga, e que eu traria encantado, mas não é por minha causa que elas não vêm. Não virão por causa das exigências de quem as fabrica”, disse o presidente argentino.

Ele disse que o país terá doses da russa Sputnik V para vacinar 10 milhões de pessoas — quase um quarto da população do país — até o final de fevereiro, mas evitou fazer estimativas quanto à produção da vacina de Oxford no país.

Leia aqui na Crusoé.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO