Alberto Fernández pede para Bolsonaro ficar 'tranquilo'

Em entrevista ao jornal La Nación, Alberto Fernández, companheiro de chapa de Cristina Kirchner, disse que, caso eleito, vai buscar estabilizar a relação da Argentina com o Brasil.

“Eles [o governo brasileiro] não têm de se preocupar, porque não penso em fechar a economia”, afirmou.

“Para mim, o Mercosul é uma questão central, e o Brasil é nosso principal parceiro econômico e vai seguir sendo. Se [Jair] Bolsonaro pensa que vou fechar a economia e que, por isso, o Brasil terá de ir embora do Mercosul, que fique tranquilo. Não penso fazer isso. É uma discussão tonta.”

Comentários

  • José -

    Eu ficaria feliz com esse cara se ele levasse a Gleisi e toda a sua camarilha prá morar na Argentina.

  • Rogemon -

    Em outras palavras. Bolsonaro, cala a boca e não torra a paciência. Daqui a pouco o presidente argentino dá dando as cartas aqui. É como a CPMF. De jeito nenhum 50X. Agora já admite avaliar

  • Walmor -

    O Brasil já tem problemas de mais. Deixa Argentina pra lá. Cada um cuide dos seus!

Ler 132 comentários