Angola suspende atividades da TV Record no país

Angola suspende atividades da TV Record no país
Foto: Divulgação

O governo de Angola mandou suspender as atividades da TV Record no país africano, informou a agência de notícias alemã Deutsche Welle.

A suspensão passa a valer a partir da meia-noite desta quarta-feira, 21.

Em nota, o Ministério das Telecomunicações angolano alega que foram constatadas na Record “inconformidades” em relação aos requisitos legais para o exercício da atividade jornalística em Angola.

Segundo o governo, a Record angolana, por exemplo, “tem como diretor-executivo um cidadão não nacional”. O secretário de Comunicação do país, Nuno Carnaval, afirmou que a suspensão valerá enquanto a Record e outras duas emissoras “não procederem à correção em conformidade com os requisitos legais”.

O UOL lembra que, no ano passado, a Polícia Nacional de Angola fez operações de busca e apreensão contra pastores da Igreja Universal, dona da Record, em uma investigação por suspeitas de evasão de divisas e de lavagem de dinheiro. Na época, a igreja negou as acusações.

Leia mais: Assine a Crusoé e apoie a o jornalismo independente.
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO