Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Arábia Saudita condena cinco à pena de morte por assassinato de jornalista

A Promotoria Pública da Arábia Saudita anunciou nesta segunda-feira que cinco pessoas foram condenadas à pena de morte pelo assassinato do jornalista Jamal Khashoggi, em outubro do ano passado.

Então residente nos Estados Unidos e crítico do regime do príncipe herdeiro saudita Mohammed bin Salman, o jornalista foi visto pela última vez na embaixada saudita em Istambul, na Turquia.

Bin Salman é apontado como o mandante do crime por uma série de organizações internacionais.

Em processos que estavam sob sigilo, 11 suspeitos de envolvimento na morte de Jamal Khashoggi foram julgados. Além dos cinco condenados à pena capital, outras três pessoas foram presas e condenadas a 24 anos de prisão.

Saud al-Qahtani, ex-consultor real saudita, foi investigado, mas acabou livre de acusações.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO