Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Argentina anuncia 'acordo' que congela preço de remédios

Alberto Fernández, o novo presidente da Argentina, divulgou hoje acordo com representantes da indústria farmacêutica para reduzir o preço dos remédios em 8%.

O método foi aplicado diversas vezes nos governos de Néstor e Cristina Kirchner, hoje vice de Fernández. Eram comuns os anúncios de acordos com empresários e a divulgação de listas de produtos com preços congelados.

Leia a reportagem de Duda Teixeira na Crusoé:

O método peronista para baixar a inflação

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO