Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Argentina libera manifestações políticas de Evo

Contrariando o que havia sido dito pelo chanceler da Argentina, Felipe Solá, o país vai liberar as manifestações políticas de Evo Morales durante o período em que o ex-líder boliviano estiver por lá.

O chefe de gabinete do presidente Alberto Fernández, Santiago Cafiero, disse hoje que Evo pode falar publicamente sobre o que quiser.

“O refugiado tem os mesmos direitos de qualquer cidadão argentino no que diz respeito à liberdade de expressão. Nós não vamos restringir esses direitos”, disse Cafiero.

Na última quinta-feira, Solá afirmou que o ex-presidente da Bolívia não poderia se manifestar politicamente no país.

“O regulamento exige uma série de diretrizes, como deixar claro onde você vai se estabelecer. Há também o compromisso de não fazer declarações políticas sobre seu país na Argentina. O grau de liberdade é uma coisa, e o grau de compromisso político é outra.”

Como noticiamos ontem, Morales deve se reunir nas próximas horas com integrantes do seu partido, o Movimento ao Socialismo (MAS), para traçar as estratégias eleitorais da legenda.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....