Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Argentina não sabe posição exata de nuvem de gafanhotos

O governo argentino não sabe a posição exata da nuvem de gafanhotos.

Em boletim, o Serviço Nacional de Saúde e Qualidade Agroalimentar argentino (Senasa) afirmou que os insetos devem estar na província de Corrientes, mas não é possível localizá-los porque a região é de “difícil acesso”.

“Devido às baixas temperaturas, estimamos que ela não se moveu, pelo menos a grandes distâncias.”

No Brasil, o Ministério da Agricultura informou há pouco que a pasta mantém as previsões de que a nuvem de gafanhotos segue rumo ao Uruguai e não entrará em território brasileiro.

“Até o momento, a nuvem de gafanhotos continua estacionada no mesmo local –na província de Corrientes (Argentina)– desde quarta-feira e permanece à distância de 130 km da fronteira com o Brasil.”

Veja abaixo o mapa criado pela Agricultura da trajetória dos insetos:

mapa nuvem gafanhoto

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO