As dúvidas sobre os ataques contra refinarias sauditas

Telegram

Como registramos mais cedo, os milicianos houthis, do Iêmen, assumiram a autoria dos ataques a duas refinarias na Arábia Saudita e ameaçaram promover novos bombardeios. Mas há dúvidas se os drones partiram realmente do Iêmen, que fica ao sul da Arábia Saudita, noticia a Crusoé.

A partir de imagens de satélite, autoridades americanas acreditam que os ataques teriam se originado a norte ou nordeste, o que indicaria que os drones teriam decolado do Irã ou do Iraque. O mais provável, segundo uma fonte disse ao New York Times, é que o ataque tenha sido feito por uma combinação de drones e mísseis de cruzeiro.

Leia:

Queimadas na Amazônia: o que a imprensa fala, e o que é verdade. LEIA AQUI

Dúvida sobre a origem dos ataques contra refinarias sauditas

Comentários

  • Marcelo -

    Milicianos? Ue'....não eram "guerrilheiros" ou "ativistas"?

  • josemir -

    Em momento algum os Houthis disseram que lançaram a partir do Iêmen. Esses Stones tem alcance de até 150 km. Portando foram lançados dentro da própria A.Saudita. Não escrevam mer.da!

  • josemir -

    Em momento algum os Houthis disseram que lançaram a partir do Iêmen. Esses Stones tem alcance de até 150 km. Portando foram lançados dentro da própria A.Saudita. Não escrevam mer.da!

Ler 20 comentários