Assessor de Trump mentiu para o FBI

Michael Flynn, ex-conselheiro de Donald Trump para segurança nacional, deve se declarar culpado de mentir para o FBI, segundo as agências de notícias Reuters e Associated Press.

Segundo procuradores, Flynn, que trabalhou por menos de um mês com o presidente dos EUA, declarou falsamente à polícia federal americana que não havia conversado sobre sanções com o embaixador da Rússia.

Ty Cobb, advogado de Trump, já divulgou nota dizendo que o ex-conselheiro é herança da gestão de Barack Obama e é o “único envolvido” no episódio.

Temas relacionados:

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

200

Ler mais 5 comentários
  1. Que tropa essa!!!! Até os generais não passam de aldrabões, que se vendem a quem dá mais.
    ÓH kIM (TIRA A MÃO DO PUDIM) Lança lá os teus sopusitórios, e acaba-lhes com a raça. Mesmo que sobre para nós qualquer coisita

  2. A imprensa americana(esquerdista até o talo) não desiste dessa história da Rússia. Estratégia mais do que manjada, afinal, a ideia é INVIABILIZAR o Governo Trump, não importa como e nem quanto SABOTADOR tenha se ser. Vide o pedido de impeachment que o Partido Democrata está tentando avançar no Congresso e a história sobre a Rússia que a imprensa sensacionaliza ad infinitum. O mais interessante é que o ex-chefão da CNN foi gravado dizendo que a história sobre a Rússia é ARMAÇÃO.
    Uma das piores coisas da esquerda é que a esquerda não sente vergonha em se chata, boçal e CANSATIVA.

    1. IMPRENSA ESQUERDISTA ?

      NAO SABIA QUE O BLOOMBERG ERA DE ESQUERDA (agencia de noticias para o mercado financeiro, uma das primeiras a dar noticia derrubando o indice DJ e SP500)

      A CNN DEU A NOTICIA MAIS DE MEIA HORA DEPOIS.

      ACORDA ZÉ MANE.