Austrália aprova lei para que Google e Facebook paguem jornais por notícias

Austrália aprova lei para que Google e Facebook paguem jornais por notícias
Foto: StartupStockPhotos/Pixabay

A Câmara dos Deputados da Austrália aprovou nesta quinta (25) uma lei para que Google e Facebook paguem aos jornais pelas notícias compartilhadas nas plataformas. A informação é da BBC.

O texto já havia sido discutido no Senado australiano.

A lei encoraja as Big Techs e as empresas de notícias a negociarem acordos de pagamentos, e obriga Google e Facebook a investirem dezenas de milhões de dólares em conteúdo digital local.

Se as negociações não darem certo, uma arbritragem independente pode definir o preço que as empresas pagam à imprensa doméstica.

O governo da Austrália argumentou que a medida permite uma negociação mais justa entre as partes.

A legislação segue uma investigação que descobriu que o Google recebeu cerca de 49% da receita de publicidade online na Austrália em 2018, e o Facebook, 24%.

Nesta terça (23), o Facebook prometeu reverter o bloqueio ao compartilhamento de notícias de jornais australianos. A empresa implementou o bloqueio como reação ao projeto de lei.

O Facebook e o Google argumentaram que já ajudam os jornais, ao direcionarem tráfego para os sites.

Leia mais: Assine a Crusoé, a publicação que fiscaliza TODOS os poderes da República.
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO