Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Austrália faz pacto com EUA e Reino Unido por submarino nuclear

Objetivo é conter avanço da China na região do Pacífico; em discurso, Joe Biden defendeu iniciativa para 'enfrentar os novos desafios do século 21'
Austrália faz pacto com EUA e Reino Unido por submarino nuclear
Foto: Reprodução, ABC News/Austrália

Os líderes de EUA, Reino Unido e Austrália anunciaram nesta quarta-feira (15) um pacto de segurança que prevê desenvolver submarinos nucleares para os australianos, em mais um movimento liderado pela Casa Branca para conter o avanço da China na região do Pacífico, informam as agências internacionais.

Batizada de AUKUS, junção das siglas dos três países em inglês, a parceria foi classificada como “histórica” por Joe Biden, que a anunciou em uma reunião virtual com os primeiros-ministros Scott Morrison, da Austrália (ao centro na foto), e Boris Johnson, do Reino Unido (na tela à esquerda).

“Estou honrado por estar ao lado de dois dos mais próximos aliados dos EUA para lançar uma nova fase em nossa cooperação trilateral”, declarou o presidente americano. “Nossas nações vão atualizar e reforçar suas capacidades combinadas para enfrentar os novos desafios do século 21”, acrescentou.

Com o acordo, a Austrália será o sétimo país no planeta a dispor de submarinos nucleares. Segundo os líderes, os submarinos levarão apenas munição convencional, e os três países vão discutir como será feita a transferência de tecnologia nos próximos oito meses.

Embora a China não tenha sido citada explicitamente, trata-se de óbvia iniciativa de contenção de Pequim na região da Ásia-Pacífico.

“Todos reconhecemos a necessidade de manter a paz e a estabilidade na região Indo-Pacífica a longo prazo”, afirmou Biden.

Mais notícias
TOPO