Bactéria vaza de laboratório estatal e contamina mais de 3.000 na China

Autoridades da China informaram que mais de 3.000 pessoas no noroeste do país adoeceram depois de uma bactéria “escapar” de um laboratório biofarmacêutico que produz vacinas para animais, segundo a agência France Presse.

O acidente aconteceu no ano passado, mas só foi divulgado pelas autoridades no dia 8 de setembro.

A bactéria em questão causa a brucelose, doença transmitida pelo gado para as pessoas ou por produtos de origem animal, principalmente produtos lácteos não pasteurizados.

A infecção pode causar fadiga, perda de peso, febre, diarreia, dores nas articulações e dores de cabeça.

Ao todo, 3.245 pessoas foram testadas e tiveram resultado positivo para a bactéria. O governo local afirma, sempre de acordo com a France Presse, que não houve transmissão de humano para humano.

Leia mais: Exclusivo: o 'inquérito do fim do mundo' foi usado para apurar secretamente se a Lava Jato tinha ministros do STF na mira
Mais notícias
Comentários
Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 61 comentários
TOPO