Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Bispos católicos dos EUA cogitam negar comunhão a Biden

'CNBB americana' debate documento que vetaria a administração do sacramento a políticos favoráveis à legalização do aborto; se aprovado, texto ainda tem de passar pelo Vaticano
Bispos católicos dos EUA cogitam negar comunhão a Biden
Foto: joebiden.com

A Conferência dos Bispos Católicos dos EUA, a “CNBB americana”, votou nesta quinta-feira (17) por prosseguir com a redação de uma declaração formal sobre o significado da comunhão.

Os religiosos discutem se Joe Biden e outros políticos devem ter o sacramento negado por serem a favor da legalização do aborto, informa o site político The Hill.

O documento será debatido, ainda poderá receber emendas e deverá ser votado na próxima reunião do grupo, em novembro.

Biden é apenas o segundo presidente católico na história dos EUA —o primeiro foi John Kennedy, assassinado em 1963. Questionado em uma entrevista logo após a votação se o democrata deveria poder comungar, o bispo Kevin Rhoades se esquivou de declarar posição: “Não posso responder a essa pergunta”.

O site político lembra, porém, que para negar a comunhão a políticos pró-aborto a “CNBB americana” ainda precisaria da aprovação do Vaticano.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO