Bolsonaro confirma viagem à China

Na “live” ao lado de Ernesto Araújo, Jair Bolsonaro falou de sua viagem aos EUA, a partir deste domingo –segundo o chanceler, ela representará a retomada de uma relação relegada a segundo plano por viés ideológico.

O presidente lembrou também que o maior parceiro comercial brasileiro é a China (os EUA estão em segundo lugar). E confirmou sua visita ao país asiático no segundo semestre.

Transferir a embaixada de Tel Aviv para Jerusalém. Se você deseja entender melhor a questão, precisa conhecer agora mesmo a posição “politicamente incorreta” do Narloch. Veja aqui!

Comentários temporariamente fechados.

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Ler mais 85 comentários
    1. Dinheiro tem ideologia? Tem mais é que buscar o melhor para o país. Ainda bem que estão agindo diferente da fala inicial deste ministro tresloucado, que era puxa-saco de Dilma.

    1. Dinheiro tem ideologia? Tem mais é que buscar o melhor para o país. Ainda bem que estão agindo diferente da fala inicial deste ministro tresloucado, que era puxa-saco de Dilma.

  1. Argumento sempre usado pelo própria MP e pelos populachos de boteco da web. Se nada deve qual o problema investigar? Eles não sempre falam isso de todos? Então, tomem do próprio veneno…

  2. É evidente que a primeira visita deveria ser a China, que é o nosso parceiro que põe dinheiro aqui dentro, nos dá superávit. Mas como a missão do Bozo é destruir nossa economia…

  3. As viuvinhas assanhadas do PT e ciretes, não se esqueçam que o Capitão Presidente apenas não quer os chineses comprando as nossas estatais, no mais, segue o comércio normalmente!

  4. Foi burrada civilizatória do pt fomentar relações maiores com o bloco comunista russo-chinês e tiranias islâmicas. Só na ditadura Vergas, e noutro momento, os EUA não foram o maior parceiro.

    1. Ainda bem que você não é Bolsonaro. É o idiota mais juramentado dos que expõem opinião aqui. Dinheiro não tem pátria. Sem a China você teria que enfiar a soja e milho no rabo. Vagabundo de a

    2. Tentando reverter a cagada que fez. Graças a parte mais sensata dos brasileiros. Se fosse pelos bolsominions o prejuízo só aumentava. Ciro Gomes 2022.

    3. Nao vejo esperanças em Ernesto e agora em Eduardo, como condutores da nosso mercado externo.. Ainda bem que temos empresas que sozinhas abrirão mercados aos nossos produtos, pois se depender deles

    4. Para que queresr apenas os EUA e Israel como compradores de nossos produtos? Se podemos vender ao mundo inteiro, sem viés ideológico?

    5. Deixamos se ser colonia dos EUA qdo no libertamos da ditadura militar e nos abrimos ao mundo! Ernesto quer voltar à decada de 70- 80 ) década perdida) um atraso ao nosso desenvolvimento!

    6. Parceiro comercial = comprar/vende! Russia maior comprador de lroteina animal do BR, China, maior comprador de minerios e grãos! Arabes 2 maior comprador de. Proteína animal do BR, India, Aistral

    1. Na sua visão os EUA é o capitão América que irá destruir o grande dragão vermelho, e salvar o mindo da invasão alienígena! Nosso big brother que so quer o mosso bem sem nada em troca!

    2. ENtendi 17! Jogando WAR, playmobil , lendo playboy e joguinhos no celular! Tudo o que os garotos da 5 serie fazem !

    3. Parece que o Presidente-XVII está TRABALHANDO bastante hoje! Também , pra explicar o cavalo-de-pau do Bozo tá difícil. Teve que usar SEIS comentários.

    4. … Israel, países europeus e das Américas, há muito mais interesse e também amizade civilizatória. Essa é a diferença. O capitão está jogando o WAR que grandes nações jogam.

    5. … os EUA, as relações sempre se darão de um modo mais natural, com mais possibilidades. Entre nações como Brasil e China, só há interesse. Entre nações como Brasil e EUA, e…

    6. …, as possibilidades são muitas. As relações entre o Brasil e países como a China sempre serão limitadas, dada a desconfiança com os planos do partido que comanda aquele país. Já com os…

    7. … pra relações envolvendo a inteligência militar dos países, relações tecnológicas, facilitações de imigração e passaporte entre os povos, relações de intercâmbio estudantil/acadêmico

    8. … acordos diplomáticos entre duas civilizações com proximidade civilizatória, dão chance pra relações não só comerciais mais profundas e poderosas, que podem se expandir, mas também…

    9. Relações com países como a China são bem pontuais, na gestão de Jair Bolsonaro, eu diria. Não ocorrem de maneira profunda. Relações com países como os EUA, por serem precedidas por…

    1. Idiota completo. EUA é concorrente no caso de fornecimento de cereais. Sabe o que é isso? tem noção disso? esquece a fissura no sado do Trump. nem tudo no mundo resolve com homossexualidade.

    2. … bloco russo-chinês, tiranias islâmicas, africanas, latino-americanas, etc. Isso pra mim é um decréscimo. O negócio é pegar algum dinheiro de alguns, e manter relações comerciais…

    3. … tem um passado e presente comunista, junto da Rússia. Eu sou a favor que o governo jogue pra reaver o posto de maior parceiro comercial pros EUA, pois com o pt, trocamos EUA pelo…

    4. … a relação mais íntima com o Brasil, já que EUA e Brasil são duas nações ocidentais, de maioria cristã, povo pacífico, com costumes e e tradições parecidas. Bem diferente da China, que..

    5. … estratégia, pautando-se na geopolítica, eu diria, até mesmo civilizatória. Falo isso porque as relações comerciais com os EUA podem se dar de uma maneira muito mais profunda, dada…

    6. A diferença é que os EUA, se Jair Bolsonaro ficar 8 anos, podem voltar a ser os maiores parceiros comerciais do Brasil. E o capitão nem precisa sair anunciando isso. Basta ele agir com…

  5. Só golaço meu presidente! Em 60 dias o seu governo fez mais que 13 anos de desgovernos incompetentes e sanguessugas da esquerda! Estão FULOS da vida pois o SR está mostrando o quanto são corrupto

    1. Só não pode esquecer que o 17 é tão corrupto quanto. E os 28 anos? E o laranjal? E a JBS? Sem fanatismo por favor.

    1. Eu não sou contra a viagem dele à China. Só quero saber qual a narrativa dos olavetes, porque o guru deles terminantemente vetou que o Brasil tivesse qualquer relação com a China. Qualquer.

    2. … resumiria a falar com algumas autoridade chinês, por razões meramente “financeiras”, de modo bem limitado. Como eu disse, países como a China tem que ser observados com desconfiança.

    3. … uma empresa suspeita de espionagem em diversos países do mundo, como a Huawei, ou pra ficar fazendo conversas com a cúpula do Partido Comunista Chinês. O presidente certamente se…

    4. No mais, Pragmático, não tem como comparar a viagem planejada de um presidente, com equipes dos ministérios, inclusive ministério da defesa, com a viagem de deslumbrados pra visitar…

    5. … é um país de maioria cristã, assim como as maiores nações do mundo, pertencente a uma civilização de cultura judaico-cristã, direito romano, e filosofia grega. O capitão sabe disso.

    6. É uma questão civilizatória, repito. O capitão mesmo sempre disse que não quer um país como a China comprando o Brasil, só NO Brasil, dada a cultura e o partido desse povo. O Brasil ainda…

    7. … tiranias latino-americanas, o status devido nas relações diplomáticas e comerciais, fazendo com que os países da civilização que o Brasil integra sejam novamente os maiores parceiros.

    8. … faz parte, tenho certeza que o presidente Jair Bolsonaro, como ele sempre discursou como depvtado, saberá devolver ao bloco russo-chinês, às tiranias islâmicas, e…

    9. … muito mais do que num dinheiro pequeno de alguns comércios com a China. Jogando co jogo geopolítico com inteligência estratégica, do ponto de vista da civilização da qual o Brasil…

    10. Jair Bolsonaro não precisa anunciar que ele quer tornar o Brasil mais íntimo dos EUA, países europeus e das Américas, Israel, etc. Basta ele fazer isso com as viagens dele. Ele pensa…

    11. Olavo nunca falou nada olavete Raphs? Sugiro que pesquise mais sobre seu guru. Dá uma passadinha no twitter dele de uns meses pra cá. Olha que eu nem sigo esse imbecil e sei mais que vc.

    12. O Olavo nunca falou nada contra fazer comércio com a China, isso é papo de analfabeto funcional. Mas o expansionismo chinês para aquisição de bens estratégicos é um fato.

    1. Olavo não vai puto, ele é uma P.U.T.A. que se vende por qualquer migalha. Já viu endividado ter caráter? vende até o rabicó;

    2. … proximidade civilizatória, há interesses e amizades, dada a proximidade dos povos, tradições, religião, costumes, sistema político, etc.

    3. … civilizados sem passado ou partido comunista, como os EUA, os limites são quase inexistentes. Entre nações sem proximidade civilizatória, só há jogo de interesses. Entre nações com…

    4. … ministério da defesa. Tem todo um planejamento de inteligência estratégica ligado às viagens de um presidente, cidadão. Com a China, as relações “dinheiristas” tem limite. Com países…

    5. Não confunda a viagem de amadores deslumbrados pra China, visitando uma empresa suspeita de espionagem, com uma possível viagem de Jair Bolsonaro com uma equipe, inclusive, ligada ao…