Bolsonaro dá 'respaldo contundente' a oposição na Venezuela, diz Juan Guaidó

O presidente da Assembleia Nacional da Venezuela, Juan Guaidó, elogiou os esforços do governo de Jair Bolsonaro para ajudar seu país a “recuperar [sua] democracia” em entrevista a Janaína Figueiredo, de O Globo.

O Parlamento, de maioria oposicionista, foi esvaziado por uma manobra do ditador Nicolás Maduro. Neste ano, cresceu o movimento para reconhecer Guaidó como liderança legítima — sua proposta é assumir um governo de transição e convocar novas eleições.

O presidente da Assembleia disse ter recebido, no fim de semana passado, uma ligação de Eduardo Bolsonaro. Segundo ele, a mensagem do presidente brasileiro foi de “respaldo contundente” à sua causa.

“Historicamente, somos países aliados, sempre fomos. Claro que em nossa história recente essa aliança foi desastrosa. A parceria entre Chávez e Lula levou a escândalos como o da Odebrecht, obras paralisadas, corrupção, enfim, todos já sabemos de tudo isso”, declarou Guaidó ao jornal carioca.

“Mas nossa relação precisa evoluir em matéria de cooperação e luta pela democracia. O governo Bolsonaro tem nos dado um apoio muito sólido, mesmo antes da posse. Sua chegada ao poder foi uma boa notícia, num marco de respeito pela democracia e direitos humanos fundamentais”, acrescentou.

Comentários

  • José -

    A mídia tradicional é complacente e parceira do crime organizado, terroristas-comunistas e afins. Esconderam a existência do diabólico Foro de São Paulo por mais de vinte anos....

  • Télio -

    Ué, que notícia engraçada ...!!! O PT deu todo apoio (e até hoje ainda dá) à DITADURA venezuelana, e tem jornalista que acha "normal", ou faz que não vê !!!!! E o povo venezuelano, sofrendo

  • Magalhães -

    Maduro está podre. É questão de dias. Gleise já está chorando.

Ler 34 comentários