Boris Johnson critica ameaça de Macron a acordo Mercosul-UE

Telegram

O primeiro-ministro britânico Boris Johnson afirmou neste sábado que prejudicar o acordo de livre comércio entre Mercosul e União Europeia não é o melhor caminho para resolver a questão das queimadas na Amazônia.

“Há todo tipo de pessoa que usará qualquer desculpa para interferir no comércio e frustrar os acordos comerciais, e eu não quero ver isso”, disse.

Como publicamos mais cedo, a chanceler alemã Angela Merkel também se contrapôs a Emmanuel Macron e afirmou que impedir o acordo comercial não ajuda no combate aos incêndios na Amazônia.

Comentários

  • Fábio -

    Estratégia imediatista do Mícron que busca algum capital político doméstico. Mas o barquinho afundou.....

  • ADMALDO -

    O Brasil foi vítima de uma política suja, baseada em fake news, por parte deste presidente francês, de baixa popularidade e isolado entre o grupo do G-7.

  • ADMALDO -

    Aqui em Portugal (mesmo o governo sendo socialista) se adota a mesma posição. A fala do primeiro ministro português é nesse mesmo sentido.

Ler 115 comentários