ACESSE

Boris Johnson critica ameaça de Macron a acordo Mercosul-UE

Telegram

O primeiro-ministro britânico Boris Johnson afirmou neste sábado que prejudicar o acordo de livre comércio entre Mercosul e União Europeia não é o melhor caminho para resolver a questão das queimadas na Amazônia.

“Há todo tipo de pessoa que usará qualquer desculpa para interferir no comércio e frustrar os acordos comerciais, e eu não quero ver isso”, disse.

Como publicamos mais cedo, a chanceler alemã Angela Merkel também se contrapôs a Emmanuel Macron e afirmou que impedir o acordo comercial não ajuda no combate aos incêndios na Amazônia.

A Floresta Amazônica vai virar carvão mesmo? Leia aqui

Comentários

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 115 comentários