Brasil e mais 11 países repudiam repressão política de Maduro

O Brasil e mais 11 países da América Latina que fazem parte do Grupo de Lima emitiram declaração condenando a repressão política na Venezuela de Nicolás Maduro.

O grupo pede a libertação de presos políticos e a busca por solução interna para a crise humanitária no país, além de sugerir a realização de eleições livres, democráticas e transparentes.

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

200

Ler mais 52 comentários
  1. Todo mundo repudia mas lava as mãos. Quando Trump perguntou se ajudariam a resolver o problema NINGUÉM teve culhões para apoiar. Enquanto crianças morrem de inanição e pessoas comem lixo.

  2. •CONDENADO do xilindró de cú–ri–ti–ba
    •Não CONDENOU “nóis”, Só dou atenção para imbecil
    •INTERVENÇÃO dos meus miliCÚS está dando certo
    •Ta morrendo gente do pó–OVO
    •Igual morre no PUTEIRO brasiLIXEIRO

  3. Esse ditador será deposto em breve e se n acontecer o pior ; blá bla blas até agora n fizeram nenhum efeito ; esses vermelhos sempre usam asReservas p se manterem mas n pode enganar a todos neeee

  4. Essa que é a notícia correta: “O Brasil e mais 11 países (Argentina, Canadá, Colômbia, Costa Rica, Chile, Guatemala, Guiana, Honduras, México, Panamá, Paraguai e Peru), que formam o Grupo de Lima”

  5. Aquele filho malcriado,que todo mundo sabe que é um bhosta? Mas não pode dar o braço a torcer pq foi voce que o gerou e mal educou? Ficam cheios de dedos e soltam algumas notas.Ele está khndo preles.

  6. Tudo em tese… na prática, porra nenhuma. Essa é a postura desses farsantes que melam e avacalham as propostas de ordem democrática e consequente progresso deturpada em todos os signatários.

  7. Não sei por que tanta demora nesta atitude e na revelação das fraudes cometidas nas apurações, desses governos esquerdistas sulamericanos. Todos a cometeram e não foi diferente por aqui,

  8. Uma atitude mínima, para mostrar alguma vergonha na cara seria a retirada dos Embaixadores deste País! O motivo deste “pulso forte” é a visita do Secretário de Defesa dos EUA!

  9. A ditadura cubana já fez muito estrago na América Latina. El Salvador, Nicaragua, Venezuela, Equador, Colômbia, Perú, Argentina, Brasil, Bolívia mas até agora ninguém deu um jeito em Cuba.

  10. Com o repúdio do Grupo de Lima agora vai!… A hiperinflação caindo, refugiados voltando à Venezuela, o país se redemocratizando com eleições “livres e transparentes”… Pô, fiquei até esperançoso…

  11. Maduro além de kagar e andar ainda pode invadir o Brasil e expropriar a Petrobras. Ninguém tem peito para impor sanções duras e realmente combater este fascínora. Covardes!

  12. Parem com enrolação, phuderosos latinos. Continuam adiando a solução com aceitação dos fugitivos em Roraima, não bloqueiam os bens nem patrimônios do ditador e seus asseclas. Não querem resolver,assim

  13. O ditador Maduro, assim como Chávez, Ortega e outros fazem parte do Plano URSAL, idealizado pelo LULADRÃO e ZÉ DIABO, o mentor condenado, solto por um ministro PETRALHA e sua trupe.

  14. Bolívar conquistou a independência para vários países na América Latina. Foi uma intervenção estrangeira, que contou inclusive com mercenários de fora da região. Está na hora dos vizinhos retribuírem!

  15. Eleições livres, democráticas e transparentes, com urnas SMARTMATIC, cujo presidente é o nro 2 da ONU e também faz parte do board da Opensociety de George Soros. Alguma surpresa?

  16. Nenhuma menção as causas e as origens de esquerda. Pasquim VIGARISTA Rolha CuUol equivaleu Trump , Bolsonaro e Venezuela em um artigo de um professor de Harvard. Censura total.

  17. • • • • • • • • • • • •
    • “Quando uma bola de bilhar choca com outra
    • a segunda deve mover-se” (DH)
    • • • • • • • • •

  18. Só teatro p/ fingirem que são contra o regime de Maduro, ou tomem atitudes, como impor sanções por exemplo, ou fiquem quietos que é menos feio. E mais, o Brasil exigindo eleições transparentes? kkkkkk

  19. Geraldo lula ORCRIMin, Geraldo PCC ORCRIMin, Geraldo centrão da corrupção ORCRIMin, Geraldo Paulo Preto ORCRIMin, Geraldo Beiçola ORCRIMin, Geraldo Temer ORCRIMin, Geraldo roubamerenda ORCRIMin, Geral

  20. Os militares foram comprados por Chaves e Maduro com benesses materiais e promoções. Apoiam a ditadura porque não passam nenhuma necessidade, enquanto o povo sofre. .

  21. Imitando Bolsonaro, após dez mandatos, decano da Alesp se aposenta e tenta eleger o filho. https://noticias.uol.com.br/politica/eleicoes/2018/noticias/agencia-estado/2018/08/12/