ACESSE

Brasil negou status de refugiado a egípcio acusado de terrorismo

Telegram

O Brasil negou, em primeira instância, o reconhecimento da condição de refugiado do egípcio Mohamed Ahmed Elsayed Ahmed Ibrahim, procurado pelo FBI, que o acusa de ter ligação com a Al-Qaeda, informa O Globo.

A decisão foi tomada no fim do mês passado pelo Conare (Comitê Nacional para os Refugiados), órgão vinculado ao Ministério da Justiça.

Segundo uma fonte do governo, integrantes do comitê tiveram acesso a uma foto em que Ibrahim aparece portando um fuzil e receberam a informação de que ele já tinha condenação criminal no seu país de origem.

Mais cedo, o advogado de Ibrahim disse que ele é um perseguido político e prometeu que ele se apresentaria à PF.

LAVA JATO HACKEADA: APARECEU A LAND ROVER. Leia aqui

Comentários

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 34 comentários