ACESSE

Brasil tenta entender medidas dos EUA, diz chanceler

Telegram

Jair Bolsonaro não telefonou hoje para Donald Trump para tratar da taxação de importações de aço e alumínio brasileiros, informou hoje Ernesto Araújo, segundo o relato do UOL.

Segundo o chanceler, a iniciativa anunciada não preocupa o governo brasileiro e o momento é de entendê-la –por ora, quem está a cargo das tratativas são os diplomatas brasileiros em Washington.

“Por enquanto, estamos num nível técnico no sentido de entender as medidas. (…) Como eu digo com toda a tranquilidade, não estamos, de forma nenhuma, apurados com isso. [O momento é de] avaliar o impacto, avaliar exatamente o tipo de medida [em]que os Estados Unidos estão pensando”, declarou Araújo.

Uma mulher comanda a tarefa de fundar o novo partido de Bolsonaro. CONFIRA

Comentários

  • José -

    O EUA é um grande mercado e pode ser um bom parceiro, mas politica externa não poder pautada por amizade ou inimizade e sim por interesses estratégicos do Brasil. Chega de fritar hambúrguer.

  • Edelson -

    O BEATO SALU, E DUBLÊ DE CHANCELER, EM ONZE MESES DE GOVERNO, APENAS CONSEGUIU ISOLA O BRASIL NO CENÁRIO INTERNACIONAL.

  • Péricles -

    Isso é para deixar de ficar lambendo o saco do Trump.

Ler 58 comentários