ACESSE

Brasileiros e americanos devem ser barrados pela União Europeia, diz jornal

Telegram

Segundo documentos obtidos pelo jornal The New York Times, brasileiros, americanos e russos devem mesmo ser impedidos de entrar em países da União Europeia a partir de 1° de julho, quando as fronteiras externas do bloco serão reabertas.

A lista de países cujos residentes terão a entrada proibida começou a ser elaborada há algumas semanas e ainda não foi divulgada oficialmente, mas a informação de que os brasileiros seriam barrados já circulava nos bastidores.

De acordo com o jornal americano, a lista de países barrados deve ser anunciada na próxima semana. Visitantes de países como China, Uganda, Cuba e Vietnã, que vêm melhorando os índices no combate à Covid-19, teriam a entrada liberada, diz o “NYT”.

Segundo o último balanço divulgado pelo Ministério da Saúde, o Brasil registra mais de 51 mil mortes causadas pelo novo coronavírus e mais de 1,1 milhão de casos.

Os Estados Unidos, líderes no trágico ranking mundial da doença, contabilizam 123 mil mortos e 2,4 milhões de casos. A Rússia tem 8,3 mil mortes por Covid-19 e quase 600 mil casos da doença.

Eis o resultado da política 171 do Brasil em relação à pandemia.

Leia mais: A coluna exclusiva de Moro na 'Crusoé': assine e ganhe um ebook sobre o ex-juiz e ex-ministro. Clique e saiba mais

Comentários

  • Carmen -

    Obrigada, Jair Bolsonaro

  • José -

    Mais uma iniciativa com o patrocínio das organizações JB.

  • Rosa -

    Os países do Bozo e do Trump... Os amigões.

Ler 10 comentários