Câmara argentina aprova projeto de legalização do aborto

Com placar apertado de 129 votos a favor e 125 contra, após 24 horas de debates, pressões e reviravoltas nos resultados parciais, a Câmara dos Deputados da Argentina aprovou a legalização do aborto no país, dando sinal verde a um projeto cujo lema é “educação sexual para decidir, métodos anticoncepcionais para não abortar e aborto legal para não morrer”.

O presidente Mauricio Macri, que em seu discurso anual no Parlamento, em de março, havia dito apenas ser “a favor da vida”, não participou dos debates e optou por não esclarecer publicamente sua posição.

O projeto segue agora para o Senado, onde sua aprovação é considerada bem mais difícil, já que a influência da Igreja e dos governadores é maior.

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

200

  1. Nós somos o serviço da empresa de empréstimo Emerald. Oferecemos financiamento para empréstimos de longo e curto prazo. Oferecemos empréstimos seguros e confidenciais a uma taxa de juros muito baixa de 2% ao ano. Empréstimos pessoais, empréstimos de consolidação da dívida, capital de risco, emprésti

Ler mais 104 comentários
  1. Nós somos o serviço da empresa de empréstimo Emerald. Oferecemos financiamento para empréstimos de longo e curto prazo. Oferecemos empréstimos seguros e confidenciais a uma taxa de juros muito baixa de 2% ao ano. Empréstimos pessoais, empréstimos de consolidação da dívida, capital de risco, emprésti

  2. PENSO QUE O ESTADO NÃO É DONO DA BARRIGA DA MULHER MUITO MENOS A RELIGIÃO.
    VOCÊ É LIVRE ASSIM ESTA NAS ESCRITURAS LEGAIS E SAGRADAS.
    O ESTADO E A RELIGIÃO QUEREM MANDAR NA VONTADE DO INDIVÍDUO. ESTA CHEGANDO O FIM DESSA ERA, ESSA DISCUSSÃO É DO HOMEM NÃO DA RELIGIÃO OU DO ESTADO.

  3. O motivo maior da regulamentação do aborto é fazer com que a sociedade tenha acesso a essas mulheres grávidas que querem (e vão realizar, se continuar proibido) o procedimento. É a única maneira de dissuadi-las de praticar o ato. Deixem a ideologia de lado.

  4. Até a Argentina consegue ser menos atrasada que esse pais de burros chamado BRASIL ,campeão mundial de burrice , ignorância, racismo e violência ,onde estado e igreja são siameses e a igreja senta-se ao lado de um pai estuprador para denunciar um médico que fez aborto terapêutico ..AVE MARIA

  5. A Incoerência humana é absurda; Essa não é a mesma praça onde as Mães de Maio, as mulheres que pediam de volta seus filhos assassinados? Agora essa geração maldita se reúnem lá pedindo para poder, elas mesmas, assassinar os seus próprios filhos, filhas do Diabo.

  6. Não deve ser fácil para os países ditos “desenvolvidos” da América do Norte e Europa prenderem tantos infanticidas diariamente. Ainda bem existe o Brasil para mostrar o caminho evoluído para essas nações retrógradas.

  7. Uma semente eh uma fruta? sementes estamos jogando uma fruta? , um conjunto de celulas sem cerebro nao eh considerado um ser humano, so sera se ficar no utero ate o fim, quando as mulheres mestruam tambem jogam fora celulas que se inseminadas poderiam se tornar seres humanos. Ignorantes negam isso

  8. Se o feto já é um ser humano o aborto em qualquer caso é assassinato. Se é legal matar um ser humano indesejado na barriga da mãe, deveria ser legal matar um vizinho chato, que fica ouvindo funk a toda a altura.

  9. Era para nós já estarmos discutindo se é justo ou não matar animais para comer.
    Mas, pelo jeito, o mundo está regredindo para a era pré cristã…
    Onde as orgias, a poligamia, a promiscuidade e o infanticídio (através do aborto ou do sacrifício de crianças aos deuses) era algo normal.

  10. Esse mesmo povo que é favorável ao aborto, é contra a pena de morte, por achar que ninguém tem direito de tirar uma vida, só eles. Jean Wyllys, diz que temos que respeitar o costume islâmico de casar com crianças de 9 anos, mas é contra o costume islâmico de jogar gays do alto do prédio .

  11. Também pela opção pelo aborto, não se diga depois que a humanidade pereceu em sua maioria entre muito choro e ranger de dentes, sem ter tido a oportunidade da escolha pela vida. Pagaremos o preço, e logo. Aviso que sequer sou religioso. Apenas conheço a lei da ação e reação e observo as dimensões.

  12. Estamos no século XXI onde todos e todas sabem como evitar uma gravidez indesejada.
    Deus nos livre de mais essa desgraça. Já temos matança demais nesse país.
    Deus nos livre do feminicídio dos países que abortam as meninAs.
    Deus nos livre desse genocídio oficializado.

    1. Existência intra-uterina para você é vida extra-uterina e, portanto, humano, então não aborte. Para outros que não pensam assim deve ser franqueado o direito de escolha.

  13. Fez, assuma. Se não quer, evite. Depois que engravida deixa de ser um direito só seu, por envolver a vida de um outro ser humano. Se não quiser, dê para adoção. Fora isso, é assassinar compactuando com ONGs abortistas chefiadas por satanistas. Se não acredita, PESQUISE.

  14. Cada qual escolhe para si sua própria definição do “momento que começa a vida”.
    Já para a população em geral quem decide é o Congresso, independente das convicções pessoais de cada habitante.

    1. Mesmo com a Cristina Kirchner mudando de lado e votando com os abortistas, e isso é esperado desde o começo, o projeto não passa. De qualquer maneira, não deixa de ser assustador que é esse tipo de gente que vai decidir o que é ou o que não é um ser humano. Principalmente porque ela foi eleita afirmando em várias oportunidades que é absolutamente contrária ao aborto. Você realmente confia em um político para definir quem esta vivo e quem não esta? Eu não confio. E insisto: não existe nenhuma lei aprovada por um congresso ou imposta por um ditador que foi eterna. Essas leis, principalmente as absurdas, sempre caem. É uma questão de tempo e de paciência. Em determinado momento fica caro manter leis absurdas e ideológicas como essas leis do aborto livre. E tudo volta ao normal.

  15. O projeto prevê que hospitais públicos e planos de saúde tenham que realizar o procedimento até a 14ª semana de gestação. Depois deste período, somente serão autorizados abortos nos casos de malformações fetais graves incompatíveis com a vida extrauterina, risco de vida ou saúde da mulher e estupro.

  16. É sério que tem gente argumentando que o aborto deve ser legalizado porque a proibição não deu certo “já que muitos abortos ocorrem por ano no mundo todo”? Será que não passa pela cabeça desses “jênios” que esse raciocínio estúpido levaria a abolição de todo o Código Penal? É obvio que a proibição do furto, do roubo, da difamação, do tráfico de entorpecentes não deu certo “porque muitos ocorrem por ano no mundo todo”. Para que esta ficando feio, sujeito. O aborto é crime porque atenta contra um bem juridicamente protegido que é a VIDA. Ele deve continuar sendo crime em qualquer lugar que a dignidade e a vida humana são levadas a sério. A única discussão é essa, o resto é entulho ideológico manipulado por inteligentes maliciosos (e muito bem pagos) e defendida por estúpidos e ingênuos.

  17. A regulamentação do aborto é uma questão de lógica porque a proibição não deu certo. Tanto é que muitos abortos são realizados por ano no mundo. O que impede uma discussão mais séria sobre o assunto é o interesse ideológico de certos setores da sociedade que não estão interessados no bem estar da mulher. Simplesmente querem defender a sua ideologia custe a que custar. É questão de lógica já que com a regulamentação a tendência é a diminuição do número abortos.

    1. Não é questão de achar ou desachar. É o que mostram os números dos países que liberaram o aborto. Repetindo para quem tem QI alto: países que liberaram o aborto, o número de procedimentos diminuiu.

    2. Não é questão de achar ou desachar. É o que mostram os números dos países que liberaram o aborto. Repetindo para quem tem alto QI: em países que liberaram o aborto, o número deles caiu. Não tem com eu ser mais claro.

    3. A questão é o custo benefício da escolha. Na liberação, ocorrerão menos procedimentos. Então é a escolha mais acertada. Já no caso, por exemplo, da corrupção, isso não acontecerá. Então temos que continuar combatendo.

    4. A questão, colega, é o custo benefício da escolha. Na liberação do aborto, se ele for liberado ocorreram menos procedimentos. Então é óbvio que essa escolha é mais acertada. O tráfico de drogas, idem. Já no caso, por exemplo, da corrupção, isso não acontecerá. Então temos que continuar combatendo.

    5. Só uma pessoa com um QI muito baixo para achar que regulamentando poderia diminuir. Sem comentários….

    6. Combater o tráfico não deu certo, então vamos deixar rolar. Só 15% dos 63 mil assassinatos por ano, são esclarecidos, então nem vamos mais nos preocupar com eles, deixa matarem, depois a gente enterra. Não há punição que acabe com a corrupção, então vamos aceitar os corruptos.

  18. Que não seja aprovado no senado e o presidente deixe de ser frouxo e se posicione. No caso do Brasil, Jair Bolsonaro, quando perguntarem nos debates, ou nas entrevistas que ele escolher comparecer, dirá e em alto e bom som: SOU CONTRA O ABORTO.

    http://www.semprefamilia.com.br/o-que-jair-bolsonaro-pensa-sobre-religiao-aborto-e-casamento-gay/
    https://www.youtube.com/watch?v=FyN9Rcb-Y58

    1. Ele pode gritar o quanto quiser meu caro, quem decide é a câmara dos deputados e o senado em votação, pelas regras democráticas. Mas você como a maioria dos mentecaptos admiradores deste falastrão sequer conhecem as regras. Haja capim!

  19. Gilberto, o animal

    “Ate 3 meses de vida nao e considerado um ser humano, isso a ciencia fala”
    hahahahahahahahahahahaha “a ciência fala” hahahahahahahahahahahahahahaha

    1. Vai padreco, nao tem criancinha para estuprar hoje? Ate os 3 meses eh somente um conjunto de celulas, vai estudar um pouco de biologia, so a biblia nao resolve.

    2. Se não fosse um ser humano, não se tornaria um ser humano.
      Se não é um ser humano que está ali é o que então?
      A ciência é recalcada pois estuda a vida, mas não pode criá-la e pelo visto muito menos entende-la na sua real essência.

  20. É apenas um trabalho de engenharia social.
    Ninguém está preocupado com a saúde nem da mulher nem do homem, mas sim com o resultado prático disso em deformar uma sociedade para facilitar o seu controle. Isto está sendo colocado em pauta em vários legislativos de vários países ao mesmo tempo, é a agenda 2030 da ONU, que está sendo imposta.
    Essas bandeiras comunistas / globalistas da educação sexual para decidir, saúde reprodutiva da mulher e tantas outras, já são mais manjadas do que comunista falar em democracia.
    Se estivessem preocupados com alguém tratariam de enriquecer as pessoas de valores universais construtivos consagrados pelo tempo para não precisarem passar por esta experiencia horrorosa, que na prática é matar e se for preciso passar, que fosse em casos excepcionalíssimos.

  21. O que tem de padreco inutil aqui dando palpite, sei que pode diminuir muito as crian;as para vcs estuprarem, mas pense no desespero das mulheres pobres, pois as ricas vao para clinicas particulares e falam que tem um cisto no utero, agora as pobres morrem nas maos de a;ougueiros.

  22. … Porque VIRÁ TEMPO em que os homens já NÃO SUPORTARÃO A SÃ DOUTRINA DA SALVAÇÃO. Levados pelas próprias paixões e pelo prurido de escutar novidades, ajustarão mestres para si. Apartarão os ouvidos da VERDADE e se atirarão às FÁBULAS… (2 Timóteo 4:3,4)

  23. Essa proposta absurda de liberação do aborto vai cair no Senado argentino… O que vai sobrar no fim, e o que é realmente triste, é a imensa fortuna gasta no processo. É MUITO, MUITO dinheiro usado para alimentar um exercito de jornalistas, intelectuais, políticos e idiotas uteis que poderia muito bem reverter para o bem comum. Mas, que foi gasto na alienação e na destruição social. Bom, alguém precisa avisar essas pessoas que dinheiro acaba e que a dignidade humana não esta a venda. Vocês vão perder sempre. Se vocês não perderam é porque ainda não acabou.

  24. Será que esse foi o “PREÇO” do empréstimo de R$ 50 bilhões do FMI para a Argentina?

    Tipo assim:
    “Emprestaremos o dinheiro, mas terão de SACRIFICAR sua crianças! Aceitam fazer o PACTO? É um caminho sem volta, é pegar ou largar…”

    A gente se esforça para não acreditar em TEORIAS DA CONSPIRAÇÃO, tipo Nova Ordem Mundial, Illuminati, Clube de Bilderberg, Pedras Guias da Georgia, etc.

    Mas fica cada vez mais difícil; pois, já se sabe que a pressão para a legalização do aborto (principalmente em países do terceiro mundo) vem da própria ONU…

  25. Vai matar o que nao existe padreco? Menos uma para vc estuprar? Ou tem uma clinica clandestine? vai diminuir o faturamento? Ate 3 meses de vida nao e considerado um ser humano, isso a ciencia fala, claro que vc nao acredita, so acredita na biblia ou no corao.

  26. Quem se preocupa com o direito de Existir, da criança indefesa? Quantos argumentos falsos para justificar o genocídio covarde de milhões de pessoas? Essa mentira de q os pobres teriam “direito” de matar porque os ricos e a classe média o fazem é a maior estupidez q alguém possa invocar! Muitos ricos são homicidas, Suzanne matou seus pais, muitíssimos são corruptos, varios se suicidam, devemos estender tais “direitos” aos pobres e famintos? Ninguém possui direito de optar pela vida ou morte de um outro SER HUMANO. É umas questão de lógica. Mas não só. Qq argumento fora disso é um mal em si. “Oq passar disso, provém do maligno.”

  27. ISSO É REALMENTE ASSUSTADOR!
    Há uma santa da Igreja Católica (não me lembro qual) que tinha visões de Jesus. Numa delas, Jesus lhe apareceu e começou a elogiá-la; quando ela olhou para seus pés, viu que eram PÉS DE PATO. Logo percebeu que era o Demônio tentando se disfarçar de Jesus para tentar seduzi-la; pois, como não é perfeito, nunca consegue se disfarçar de Deus completamente.
    Pois bem, o ABORTO é o “PÉ DE PATO” de todo movimento feminista ou esquerdista.
    Tem aparência de bem, mas é um terrível mal satânico infiltrado na sociedade.
    Não se iluda, ABORTO = ASSASSINATO DE INOCENTE INDEFESO NO VENTRE DA MÃE!
    Se você é a favor, é porque já foi seduzido(a) e enganado(a) pelo Demônio!
    E um Governo que não tem pena de um inocente indefeso no ventre da mãe, como vai ter pena da população?

  28. Antes do terceiro mês não é vida? Uma samambaia, uma barata, uma bactéria, um vírus, tudo isso é vida, mas um ser humano até o terceiro mês de gestação não é?

    1. O feto tem vida intra-uterina, se é essa a sua dúvida, quando fala de samambaia, vírus, barata ou bactéria.

  29. A mídia incentiva o povão a consumir todo tipo de merdh@ (drogas, funk, cerveja, promiscuidade, etc) e depois tenta empurrar soluções “mágicas” goela abaixo do povão.
    Aborto é uma delas.
    Reparem que não se vê uma campanha séria patrocinada pelo governo ou pela mídia, que fale claramente sobre drogas, sobre alimentação, sobre sexo, sobre ética e cidadania.
    O que temos hoje é a burrotização das pessoas bombardeadas diariamente por todo tipo de porcarias, de redes sociais à TV, que as faz acreditar que têm somente DIREITOS e não DEVERES.
    obs. BURROTIZAÇÃO é a robotização das pessoas através da neo-burrice cibernética.

  30. Escolha o melhor método para o Feto
    Aspiração uterina a vácuo: o médico realiza vácuo no útero da gestante para remover o feto.
    Dilatação e curetagem uterina: . A cureta é um instrumento cirúrgico cortante, em forma de colher, que é introduzida no útero para realizar a raspagem
    Dilatação e evacuação: é inserido um aparelho cirúrgico na vagina para cortar o material intra-uterino em pedaços,
    Eliminação ou expulsão fetal (indução do trabalho de parto): Consiste em forçar prematuramente o trabalho de parto.
    Aborto por esvaziamento craniano intrauterino: o médico segura a perna do feto com um fórceps, puxa-o para o canal vaginal, e então retira o feto do útero, com exceção da cabeça.

  31. “Viva a hipocrisia” definiu bem a eugenia que está por trás do discurso falacioso de que só ricos podem abortar. Ou seja: pobres precisam ter os mesmos “direitos” – e lá se vão os pobres para o abatedouro. Difícil de entender?

  32. Sou contra o aborto. Com exceção da classe média que tem condições de pagar uma clínica com os melhores médicos e os melhores equipamentos. Num ambiente limpo, higienizado. Já as pobres faveladas…bom,eu não ligo.

    1. Então aumente as penas ! Ou do contrário vamos liberar e descriminalizar o latrocínio pois quem comete em sua maioria são pessoas de classe baixa.

  33. “difícil, já que a influência da Igreja e dos governadores é maior”. Quem escreveu isso?? Não é uma questão religiosa ou de Governadores, sua Anta que escreveu isso. Há um LOBBY poderoso feito por ONGs (absolutamente todas financiadas por George Soros) em prol da legalização do aborto. Não conseguem ver o que está por trás??
    Será que o Diogo e o Mário são tão mal-intencionados a esse ponto??
    Ah, lembrei, Hillary Clinton era FAVORÁVEL ao aborto até o nono mês de gestação. E O Antagonista APOIOU Hillary Clinton DESCARADAMENTE em uma cobertura VERGONHOSA.
    Vocês têm uma boa cobertura da Lava-Jato, mas moralmente Diogo e Mário são um LIXO.
    Interessante que ninguém faz LOBBY pró-aborto em países MUÇULMANOS. “COINCIDÊNCIA”.

    1. “hYGIENE”???Porra,seufake vagabundo, aprende a escrever, idiota. Ou será que é porque nem sabe o português direito, hein, lacaio sem vergonha?

  34. Apesar da deletéria tradição peronista, a sociedade argentina é mais moderna que a nossa. Que a decisão consiga passar no Senado. Aborto é decisão de foro íntimo e nem Estado nem Igreja tem o direito de interferir. Antes um feto abortado que uma criança não desejada.

  35. Imaginem se aprovam esse assassinato no Brasil!
    O nosso pobre SUS tendo que atender milhares de meninas do funk carioca que ficaram grávidas sem nem saber quem é o pai!
    Os argentinos que se cuidem!
    Aqui no Brasil, não podemos jamais legalizar o assassinato de bebês.
    Há mil métodos concepcionais disponíveis. Tem que ser muito estúpido para engravidar.
    No mínimo, se um dia fizermos essa besteira de legalizar o assassinato de bebês, que pelo menos as mulheres e seus companheiros PAGUEM pelo procedimento! O SUS não vai aguentar!

    1. “atender milhares de meninas do funk carioca que ficaram grávidas sem nem saber quem é o pai!” – esse post não merece comentário, mas ao ler a frase acima não pude deixar de me manifestar. Respondendo: Tem que ser muito estúpido para escrever algo assim.

  36. De qualquer modo, o custo físico e emocional de uma gravidez indesejada, e de um aborto eh ônus da mulher. Os reprodutores e ensaístas devem se preocupar com o direito à vida da sua prole LEGAL e assumida.

  37. Aprovando o aborto, esses vigaristas negarão aos futuros bebês o direito de um dia terem opinião pro aborto , direito esse garantido por nós cristãos, embora lutamos contra, ou alguém conhece algum ABORTISTA que nunca foi abortado?
    Aborto em larga escala igual a eugenia de pobres.
    Hi Hitler!
    Próximo passo : eliminar os nacituros deficientes e os velhos terminais, afinal é melhor matar em larga escala do que sofrer (sofisma dos canalhas abortistas).

  38. “Aborto” é a morte da criança, durante a gestação, devido a um acidente ou a uma doença. “Aborto espontâneo” é PLEONASMO. Eles chamam de “aborto” para tentar “suavizar” e convencer. Eles não vão dizer que é “matar”. Se, interromper a gestação de um animal é matar a cria desse animal, imagine então, interromper uma gestação humana. Matar uma pessoa durante a gestação é o “melhor” exemplo de matar sem dar chance de defesa.

    1. Já que é tão ligado aos termos corretos não chame de criança e nem pessoa… são EMBRIÕES e FETOS. Não use as falácias de apelo a emoção para tentar convencer algo.

  39. Pode- se tornar o aborto legal, perante leis equivocadas do plano físico deste planeta. Mas nunca se conseguirá tornar o aborto algo moral. Aborto é um assassinato. E com o agravante da pouca força física da vítima para reagir!

  40. Isso é um milagre da sensatez e do bom-senso.
    Uma vitória da vida e da maturidade em detrimento do patriarcado e da supertutela estatal.
    Uma afirmação aos direitos fundamentais.

    1. Aqueles que acham normal a carnificina de crianças, de vidas geradas desde a fecundação, tem que entender que o estado não é ateu.

    2. Raphs01, sua indignação é legítima na medida em que condizente com sua crença (feto = criança)e se circunscrever à sua decisão pessoal, sem querer que seja imposta a outras mulheres.

    3. Raphsos, há uma diferenciação jurídico-científica entre feto e criança. A sua indignação é coerente com sua crença – a de que o feto seja já uma criança – contudo, ela não pode ser imposta como regra pelo Estado contra aqueles que pensam em sentido contrário. O Estado é laico pela CF, não pode tomar partido e forçar o indivíduo a assumir sua posição oficial. Ademais, a questão do aborto diz do direito de escolha. É sim uma questão muito séria e possivelmente o último recurso da mulher, por isso deve ser muitíssimo respeitado, em vez de proibido e criminalizado.

    4. Muchas Risadas por su incapacidad de divisar niños de fetos.
      Además, el obscurantismo se fué con la Idade Média.

    1. Descriminalizar a corrupção, lavagem de dinheiro, homicídios, estrupo e caixa dois que não é a mesma coisa que legalizar.

  41. Vão nessa… A partir de 2019 haverá cotas para 50% das mulheres no Congresso argentino. Feminazis mais feministos farão um belo de um estrago.
    PS: e o Macri se comporta como um belo de um Pôncio Pilatos nessa. E ainda dizem que ele é “de direita”.

    1. Com tantos metodos disponiveis por ai, a mulher nao tem que decidir porra nenhuma, infelizmente o parto só pertence a mulher, se fosse algo para escolher, eu escolheria a vida do meu filho, e nao tira-la como muitas mulheres querem, nao é direito da mulher, a vida é direito de todos, a mulher é apenas aquela que guarda a vida antes que ela possa abrir seus olhos para o mundo, aborto deveria ser crime punido com a pena de morte, já que na hora de fazer o bem bom quer, e na hora de assumir as responsabilidades quer correr?

    1. O Papa Francisco é um fraco que deveria ter vergonha e pedir as contas. O casamento gay na Argentina foi aprovado quando ele era cardeal e isso está acontecendo lá enquanto ele é Papa.