Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Câmara do Chile aprova abertura de impeachment de Piñera

Votação ocorre às vésperas da eleição presidencial no país, marcada para 21 de novembro
Câmara do Chile aprova abertura de impeachment de Piñera
Foto: José Cruz/Agência Brasil

A Câmara dos Deputados do Chile aprovou nesta terça (9), por 78 votos a 67, a abertura de um processo de impeachment do presidente Sebastián Piñera. A informação é da Reuters.

O processo segue para o Senado chileno, onde precisa dos votos de dois terços dos 43 senadores para ser aprovado.

A votação de hoje ocorreu às vésperas da eleição presidencial no Chile, marcada para 21 de novembro. Piñera não é candidato – a Constituição chilena veda a reeleição imediata.

Piñera é acusado de irregularidades na venda de uma mineradora. O vazamento dos chamados Pandora Papers supostamente revelam informações sobre a venda da empresa Dominga em 2010, por meio de uma firma da família de Piñera listada nas Ilhas Virgens Britânicas a um dos amigos de infância do hoje presidente. Piñera exercia naquele momento seu primeiro mandato como presidente.

O vazamento causou polêmica no Chile por sugerir que a venda dependia de um ambiente regulatório favorável. A venda já havia sido examinada pelos tribunais chilenos em 2017.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO