Campanha de Trump pagou US$ 2,7 mi a organizadores de ato que levou a invasão do Congresso

Campanha de Trump pagou US$ 2,7 mi a organizadores de ato que levou a invasão do Congresso
Foto: Tia Dufour/ Flickr/ The White House

A campanha de Donald Trump pagou mais de US$ 2,7 milhões (cerca de R$ 14 milhões) a pessoas e empresas que organizaram a manifestação que culminou na invasão do Congresso dos EUA, em 6 de janeiro, informa a Bloomberg.

Os dados são da organização Center for Responsive Politics. Os pagamentos foram feitos durante a campanha para a reeleição do então presidente e constam dos documentos da Comissão Eleitoral Federal, que os monitorou até 23 de novembro.

A solicitação para fazer a manifestação, organizada pela Women for America First e realizada num parque federal, foi feita no dia seguinte, 24 de novembro.

Segundo o relatório do CRP,  quem mais recebeu da campanha de Trump foi a empresa Event Strategies Inc., organizadora do evento: US$ 1,7 milhão.

Foi na manifestação de 6 de janeiro que Trump encorajou seus apoiadores a impedirem que o Congresso ratificasse a vitória eleitoral de Joe Biden. Os conflitos resultantes da invasão do Capitólio deixaram cinco mortos.

Leia mais: Assine a Crusoé, a revista que não tem medo de apontar os verdadeiros culpados pelas mazelas brasileiras.
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO